UFC Vegas 58: Só pode haver um Rafael entre os médios

O UFC Vegas 58 (UFC on ESPN 39) trouxe um grande número de brasileiros para o seu card principal, mas no final do dia o resultado foi misto. Pela luta principal, o até então número 7 do ranking dos leves perdeu para Rafael Fiziev, número 10 do ranking, por nocaute no último round. No co-main event, a resultado para o Brasil foi diferente. Lutando pelos médios, Caio Borralho venceu sem grande dificuldade, Armen Petrosyan por pontos. Ainda no card principal, outro brasileiro, Douglas Silva de Andrade, perdeu por pontos para Said Nurmagomedov, em uma luta bastante dinâmica. Ao final, embora não tenha sido uma boa noite para os brasileiros, tivemos algumas lutas empolgantes, sobretudo a última, que compensaram uma eventual frustração.


Card principal


Rafael Dos Anjos vs. Rafael Fiziev

Categoria: Leve

Na luta mais aguardada da noite, pelo main-event, Rafael Fiziev (12-1) derrotou Rafael Dos Anjos (31-14) por nocaute. A vitória veio no quinto e último round,


O primeiro round foi bastante equilibrado, mas com uma ligeira vantagem para Fiziev, que mostrou bastante potencial nos golpes desferidos contra o brasileiro, sobretudo chutes. O round seguinte foi bastante semelhante. Ambos trocaram um bom volume de (duros) golpes em pé. Rafael dos Anjos chegou a tentar uma queda, mas sem sucesso. No corner o brasileiro mostrou preocupação com um corte em seu cotovelo, provocado por conta de uma defesa de um chute frontal de Fiziev. No terceiro round, Rafael dos Anjos também não conseguiu se encontrar na luta, não trazendo grande dificuldade para Fiziev, que manteve sua estratégia de minar o brasileiro na trocação. No quarto round foi quando Rafael dos Anjos chegou mais perto de incomodar Fiziev. Além de ter acertado Fiziev com bons golpes na trocação em pé, o brasileiro conseguiu queda-lo no final do round, algo que ele não havia conseguido em todos os rounds anteriores. No round final, com Rafael dos Anjos exausto, ele foi um alvo fácil para Fiziev, que o nocauteou após uma sequência de golpes contundentes.

Caio Borralho vs. Armen Petrosyan

Categoria: Médio


Pelo co-main event, Caio Borralho (12-1) venceu sem grande dificuldade, Armen Petrosyan (7-2) pela divisão dos médios.


Borralho fez um round dominante contra Petrosyan. Em boa parte do round, o brasileiro esteve no chão, nas costas de Petrosyan buscando uma finalização, mas sem sucesso. No segundo round a dominância do brasileiro foi ainda maior, mostrando estar em dia com seu jiu-jitsu. No round final, Petrosyan conseguiu ser mais combativo, mas sem impor perigo à vitória certa de Boralho.


Douglas Silva de Andrade vs. Said Nurmagomedov

Categoria: Galo


Em uma luta dinâmica, Said Nurmagomedov (16-2) venceu o duríssimo Douglas Silva de Andrade (28-5) por pontos.

Conhecido por sua mão pesada, Douglas Silva não conseguiu impor seu jogo sobre Nurmagomedov, que mostrou grande versatilidade nos golpes, o atacando com chutes, socos rodados, quedas… A vantagem de Nurmagomedov se ampliou no segundo round. Apenas nos segundos finais do round o brasileiro conseguiu trazer algum perigo, vindo de um soco rodado. Embalado pelo final do segundo round, Douglas Silva se saiu melhor no round final, trazendo um pouco mais de dificuldade à Nurmagomedov, mas não o suficiente para nocautea-lo ou finaliza-lo.


Jared Vanderaa vs. Chase Sherman

Categoria: Pesado

Pelos pesados, Jared Vanderaa (12-9) foi derrotado por Chase Sherman (16-10) que o venceu por nocaute técnico no round final.


Sherman fez um bom round, impondo golpes (socos e chutes) muito duros na linha de cintura de Vanderaa. Porém, em termos de volume de golpes desferidos, não houve grande diferença entre ambos. Vanderaa foi mais combativo no segundo round, atacando mais, porém em nossa visão foi Sherman que conseguiu colocar mais perigo na luta, impondo os golpes mais significativos do round. No terceiro e ultimo round, Sherman impôs uma sequencia de golpes brutais sobre um já exausto Vanderaa, levando ao fim a luta por nocaute técnico.

Aiemann Zahabi vs. Ricky Turcios

Categoria: Galo


Pelos galos, Aiemann Zahabi (9-2) venceu Ricky Turcios (11-3) por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28).


Zahabi e Turcios fizeram um round bastante movimentado, com bom volume de golpes de ambos, mas com pouca contundência. Zahabi em nossa visão se saiu ligeiramente melhor, embora Turcios tenha praticamente ditado a movimentação da luta. O segundo round foi bastante parecido com o anterior, com uma boa movimentação, mas com ataques pouco efetivos de ambos os lados. O round final foi mais parelho, Tircios passou a atacar mais possivelmente esperando uma decisão mais apertada dos árbitros o que deixou a luta mais empolgante, mas ainda assim faltou contundência nos golpes de ambos.


Michael Johnson vs. Jamie Mullarkey

Categoria: Leve


Pela primeira luta do card principal,


Michael Johnson (20-18) e Jamie Mullarkey (15-5) fizeram uma luta de três bons rounds pela primeira luta do card principal. Foi um duro combate, Johnson se saiu ligeiramente melhor no round inicial, em sequência Mullarkey se saiu melhor e no round final Johnson novamente cresceu na luta. Porém, os árbitros deram vitória para Mullarkey por decisão dividida (28–29, 29–28, 29–28).

Por Silvio e Flavio Doria