UFC Vegas 53: Vera e Font travam batalha de cinco rounds

Apesar do card principal relativamente fraco, com lutas importantes, mas que acabaram sendo pouco empolgantes, a luta principal, entre Rob Font e Marlon Vera acabou superando todas expectativas. Font começou o primeiro round muito bem, mostrando uma trocação superior, mas a partir do final do segundo round Vera se encontrou na luta e passou a dominar Font na trocação em pé. O resultado foi um Font desfigurado no final da luta.


O UFC Vegas 53 representou um marco para a organização. Com este evento, foram 100 exibições de UFC Fight Nights na ESPN. Ao longo de toda a transmissão oficial do evento, a ESPN norte-americana procurou relembrar alguns momentos marcantes do UFC Fight Night.


Card principal


Rob Font vs. Marlon Vera

Categoria: Peso casado

Na melhor luta do evento, Marlon Vera (19–7-1) impôs uma vitória contundente (decisão unânime por 48–47, 49–46, 49–46) sobre Rob Font (19-6), que saiu com rosto completamente desfigurado após sua batalha com Vera. Font começou a luta muito bem, levando o primeiro round, mas a partir do final do segundo round, Vera dominou a luta.

Vera começou o round inicial mais agressivo, com um poderoso chute no corpo de Font. Mas pouco a pouco, Font foi ganhando confiança na trocação, terminando o round em vantagem. Font estava melhor no segundo round. Porém, no minuto final Vera conseguiu aplicar um bom golpe em Font, o que o levou ao chão atordoado aparentemente. Vera até tentou uma sequência de golpes contundentes mas foi interrompido pelo gongo. Font se reencontrou no terceiro round e voltou a mostrar uma trocação superior sobre Vera. Mas novamente Vera reverteu o resultado do round nos segundos finais e quase conseguiu o nocaute técnico, da mesma forma que no round anterior! No melhor momento do quarto round, Vera acertou um chute giratório certeiro no rosto de Font, pegando-o de surpresa. Pouco depois Vera o acertou com outro chute alto, mas de menor contundência. Ao final do round, Font voltou ao corner com o rosto desfigurado. O rosto de Font ficou ainda mais machucado no round final. E mesmo assim, Font se manteve ativo e perigoso por todo o round. Mas a contundência do golpes de Vera acabaram o ajudando na pontuação do round.


Andrei Arlovski vs. Jake Collier

Categoria: Pesado


Em uma improvável luta de três rounds completos, Andrei Arlovski (34-20-2NC) conseguiu vencer o jovem Jake Collier (13-7) por decisão dividida (29-28, 29-28, 27-30).


O round inicial foi bastante parelho, porém Collier levou ligeira vantagem em nossa visão. Mais contundente na trocação, Collier chegou cortar o rosto de Arlovski em um de seus ataques. Collier continuou ligeiramente melhor no segundo round. Além das trocações, Collier explorou no inicio do round bons chutes, mas não manteve a estratégia ao longo do combate. No round final, Arlovski conseguiu controlar muito bem o ritmo da luta, se saindo melhor dessa vez. Apenas próximos do segundos finais Collier conseguiu conectar um bom golpe em Arlovski.

Andre Fili vs. Joanderson Brito

Categoria: Pena


Em uma luta rápida, o brasileiro Joanderson Brito (13-3-1) derrotou por nocaute técnico o duríssimo Andre Fili (21–9-1NC) ainda no primeiro round. Mostrando uma trocação bastante veloz, Brito conseguiu acertar Fili com um de seus poderosos socos, levando-o ao chão de imediato. Na sequência Brito partiu para cima em uma sequência de duros golpes, levando o fim a luta.


Jared Gordon vs. Grant Dawson

Categoria: Leves


Mostrando uma técnica apurada, Grant Dawson (20-4) venceu Jared Gordon (17-2-1) por finalização no round final.


O round inicial foi movimentado no chão. Gordon quase conseguiu finalizar Dawson em uma guilhotina no inicio da luta, mas logo depois foi a vez de Dawson quase conseguir uma finalização. No computo total, Dawson permaneceu mais tempo em vantagem no chão. Dawson continuou em vantagem no segundo round, explorando seu eficiente jogo de chão. E novamente, ele esteve perto de finalizar Gordon. O round final foi o mais intenso e possivelmente o mais parelho. Gordon estava ligeiramente melhor no round, até que no minuto final, Dawson conseguiu uma finalização por estrangulamento.

Darren Elkins vs. Tristan Connelly

Categoria: Pena


Darren Elkins e Tristan Connelly travaram uma verdadeira batalha. Na decisão dos árbitros, Elkins (28-10) venceu Connelly (14–8) por pontos (30-27, 30-27, 30-27).


Elkins impôs seu jogo de chão sobre Connelly, não dando-o espaço em nenhum momento, o que lhe rendeu o round. Elkins manteve um ritmo forte também no segundo round. Porém, no final do round, Elkins começou a demonstrar mais cansaço, o que fez com que ele fosse pressionado. O round final foi sem duvida o mais parelho. Mas a partir do minuto final, Elkins levou maior vantagem no chão, quase finalizando Connelly no chão por estrangulamento.


Krzysztof Jotko vs. Gerald Meerschaert

Categoria: Médios


Fazendo a primeira luta do card principal, Krzysztof Jotko (24-5) venceu Gerald Meerschaert (34-15), sem surpresa. Favorito para essa luta, Jotko conseguiu mostrar uma performance superior em pé, apenas tendo mais dificuldade no segundo round para desenvolver seu jogo.

Jotko começou muito bem na trocação. Apesar de Meerschaert também mostrar volume de trocação, foi Jotko quem mostrou mais acurácia e contundência nos golpes. Continuamos a ver muita trocação em pé no segundo round. Porém dessa vez, ambos exploram mais o clinch, onde Meerschaert conseguiu se sair melhor e levar o round em nossa pontuação. Mesmo com Meerschaert indo para cima incansavelmente, foi Jotko que se saiu melhor, de novo mostrando uma trocação superior (mais precisa).


Por Silvio e Flavio Doria