UFC Vegas 53: Jessica Andrande retorna aos palhas com o pé direito

Em seu retorno à divisão palha dos femininos, Jessica Andrade venceu de forma incrivel a durrissima compatriota Amanda Lemos, que vinha de uma sequência de 5 vitórias consecutivas. As demais lutas do card principal também foram empolgantes. Apenas uma luta (de Maycee Barber e Montana De La Rosa) chegou até a decisão dos arbitros, e diga-se de passagem foi uma das mais empolgantes.


Card principal

Amanda Lemos vs. Jessica Andrade

Categoria: Palha (feminino)

Pela luta principal do evento, Jessica Andrade (23-9-0) venceu por finalização a duríssima Amanda Lemos (11-2-1) ainda no primeiro round em sua re-estreia na divisão palha.


Lemos, como sempre, estava mostrando uma boa performance em pé, com bons chutes baixos, na altura da panturrilha, e boa trocação. Porém, de forma inesperada, Andrade pegou Lemos em um triângulo de mão em pé, não dando chance nenhuma para Lemos.

Clay Guida vs. Claudio Puelles

Categoria: Leve


Em mais uma luta de um round, Claudio Puelles “El nino” (12-2-0) finalizou Clay Guida (37-22-0) ainda no primeiro round.


Guida começou o round mostrando uma boa movimentação, mas quando a luta foi para o chão, o alto nível de Puelles se sobressaiu. Puelles conseguiu pegar o braço de Puelles, tentando várias finalizações em sequência, mas todas sem sucesso. Ao escapar seu braço, Guida expos sua perna para Puelles que a pegou em uma chave de joelho, sua terceira finalização desse tipo no UFC.

Maycee Barber vs. Montana De La Rosa

Categoria: Mosca (Feminino)


Em uma luta de três rounds, Maycee Barber (10-2-0) venceu Montana De La Rosa (12–7-1) por decisão unânime. Promessa da divisão mosca, Barber conseguiu uma boa vitória, sobre uma dura adversária, revertendo uma sequência de duas derrotas consecutivas.


No primeiro round, Barber conseguiu mostrar um bom volume de golpes, o que lhe garantiu o round sem grande dificuldade. No segundo e terceiro round, De La Rosa passou a dificultar a movimentação de Barber, pressionando-a contra a grade. Porém, nos poucos momentos em que Barber conseguiu desenvolver seu jogo, a contundência de seus golpes pesaram em seu favor, o que lhe garantiu a pontuação dos árbitros de mesa.

Lando Vannata vs. Charles Jourdain

Categoria: Pena


Em uma luta rápida, Charles Jourdain (13-4-1) finalizou Lando Vannata (12-6-2) ainda no primeiro round. Apesar de vir de lutas empolgantes, Vannata agora acumula uma sequência irregular na organização, com 3 derrotas em suas últimas 5 lutas.


Vannata começou bem o round, impondo uma boa queda em Jourdain após uma defesa de chute. Pouco depois quando a luta voltou em pé, Vannata manteve-se mais ativo na trocação até ser atingido por um soco de Jourdain que o levou ao chão. Jourdain aproveitou a queda de seu adversário e o pegou em uma guilhotina bastante justa, levando ao fim a luta.

Marc-André Barriault vs. Jordan Wright

Categoria: Peso combinado


Fazendo a primeira luta do card principal, Marc-André Barriault (14-5-1NC) venceu Jordan Wright (12-3-1NC) ainda no primeiro por finalização (guilhotina).


Logo que iniciou o round inicial, Barriault conseguiu aplicar bons golpes no Thai-clinch, mas Wright conseguiu resistir bem, pressionando-o contra a grade. Foi nesse momento em que ele deixou seu pescoço exposto e foi pego em uma guilhotina mortal.


Por Silvio e Flavio Doria