UFC Vegas 18: Joelhada voadora no co-main event rouba a cena

Depois de abrir 2021 com três eventos na Ilha da Luta, em Abu Dhabi, o UFC retornou para o UFC Apex, em Las Vegas, com o UFC Fight Night: Overeem x Volkov. Na luta principal da noite, os pesos-pesados Alistair Overeem (47-19-0, 1NC) e Alexander Volkov (33-8-0) se enfrentam de olho no topo da divisão até 120kg. Como esperado, foi uma luta de poucos rounds. No segundo round, Volkov conseguiu um nocaute técnico sobre Overeem. Porém, o destaque do card principal foi sem dúvida o nocaute obtido por Cory Sandhagen sobre o veterano Frankie Edgar (23-9-1). Com apenas 28 segundos do round inicial, Cory desferiu uma joelhada voadora certeira em Edgar que caiu desacordado. O nocaute foi o momento mais comentado do evento nas redes sociais e deve, com certeza, entrar nos highlights do ano do UFC. Abaixo um resumo luta a luta do card principal:


Card Principal


Alistair Overeem vs. Alexander Volkov

Categoria: Peso-pesado

Alexander Volkov vence Alistair Overeem por TKO no 2R

Não deu para Alistair Overeem. Em uma luta dura (ao menos para Overeem), Alexander Volkov (33-8-0) venceu por nocaute técnico Alistair Overeem (47-19-0) no segundo round. Os poderosos socos do russo minaram o holandês em boa parte do primeiro round e de parte do segundo. Volkov se saiu melhor no primeiro round, levando Overeem ao chão com um poderoso golpe. Outros golpes do russo chegaram a conectar e Overeem deixou bem claro isso, inclusive em um chute na altura das pernas no começo do round. No segundo round os jabs e diretos de Volkov pouco a pouco minaram Overeem. Até que no meio do round, Volkov conseguiu derrubar Overeem com mais um de seus duros golpes.


Cory Sandhagen vs. Frankie Edgar

Categoria: Peso-galo

Cory Sandhagen vence Frankie Edgar por KO no 1R

Em uma luta relâmpago, Cory Sandhagen (14-2-0) venceu Frankie Edgar (23-9-1) ainda no primeiro round, em apenas 28 segundos, com uma joelhada voadora sensacional! O golpe pegou um cheio o queixo de Edgar que ficou por um bom tempo desacordado. O nocaute deve, com certeza, entrar nos highlights do ano do UFC.


No UFC, em 8 lutas, Sandhagen acumula apenas 1 derrota, para Aljamain Sterling no UFC 250. Sandhagen já é o segundo lutador nos galos com mais vitórias (6), atrás apenas do campeão da categoria Petr Yan (com 7 vitórias).


Michael Johnson vs. Clay Guida

Categoria: Peso-leve


Em uma luta dura, Clay Guida (36-20-0) venceu Michael Johnson (19-17-0) em uma luta por pontos (decisão unânime em uma pontuação de 30-27, 30-27, 30-27).


A luta começou com uma trocação muito forte. Guida ficou com um corte na testa, mas por outro lado Johnson pareceu ter sentido mais os golpes de Guida. O round seguinte foi mais apertado que o anterior. Guida tentou a todo custo colocar Johnson para baixo mas sem muito sucesso. Guida continuou com o gás aparentemente inteiro no último round. Ambos chegaram a trocar golpes de maneira mais intensa no começo do round, porém do meio para o final Guida derrubou Johnson e, pouco depois, conseguiu aplicar uma mata-leão, sem sucesso, em Johnson.


Alexandre Pantoja vs. Manel Kape

Categoria: Peso-mosca


Em uma luta dura, Alexandre Pantoja (23-5-0) venceu o campeão do Rizin, Manel Kape (15-5-0) por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27). Foi uma luta importante para Manel Kape, que estreou no evento enfrentando um adversário muito bem rankeado logo de cara (Pantoja é o número 5 no ranking dos moscas).


Apesar de ter mostrado bastante confiança, abaixando a guarda, fazendo fintas com os pés, Pantoja esteve melhor no primeiro round, desferindo os golpes mais contundentes. O segundo round foi bastante empolgante, transcorrido todo em pé, com uma trocação agressiva de ambos os lados, mas principalmente de Pantoja. Por outro lado, Kape continuou fazendo sua graça para desestabilizar o brasileiro. O round final foi mais apertado, mas vimos uma ligeira vantagem para Pantoja, por ter buscado mais o combate.


Diego Ferreira vs. Beneil Dariush

Categoria: Leve

Beneil Dariush vence Diego Ferreira por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28)

Em uma luta bastante disputada e equilibrada, Diego Ferreira (17-3-0) foi derrotado para Beneil Dariush (20-4-1) por pontos (decisão dividida, em uma pontuação de 28-29, 29-28, 29-28). Esta foi a segunda luta entre os dois. Anos atrás (2014), Beneil Dariush havia derrotado Diego Ferreira por pontos (decisão unânime), no UFC 179.


Dariush em entrevista à Daniel Cormier, pós-luta, foi bastante critico ao evento por não dar uma chance (enfrentar um top 5) para ele e principalmente seu adversário, Diego Ferreira.

O primeiro round foi muito dinâmico, houve trocação franca, houve disputa no chão, com bom momentos de ambos os lutadores. Vimos, no entanto, uma ligeira vantagem para Diego Ferreira. O segundo round foi ainda mais parelho, porém dessa vez Beneil Dariush se saiu melhor, que conseguiu derrubar o brasileiro e ficar por cima dele boa parte do round, não dando muito espaço ao brasileiro. O round final foi claramente de Diego Ferreira. Em pé na trocação o brasileiro esteve muito bem e tentou de tudo para se defender das quedas de Dariush, até correu dele no octógono. Somente no final ele foi derrubado e pressionado.


Mike Rodriguez vs. Danilo Marques

Categoria: Meio-Pesado


Promovida de última hora, a luta entre Mike Rodriguez e Danilo Marques foi elevada do card preliminar para o card principal após a saída de Askar Askar (questões médicas) que lutaria com Cody Stamann. Danilo começou a luta bem. No primeiro round, decidido a levar a luta para o chão, Danilo partiu para um single leg e até o final do round permaneceu agarrado à Rodriguez. No segundo round, Danilo explorou novamente o jogo de chão, fugindo de uma trocação. No meio do round, após conseguir uma boa montada, o brasileiro tentou uma sequência de golpes pouco contundentes, porém no final conseguiu uma finalização por rear naked choke (mata-leão).


Por: Silvio & Flávio Dória

Pós-Luta / Post-Fight

Nosso objetivo é trazer a nossos leitores reportagens e análises de qualidade, além de coberturas play-by-play de eventos do mundo do MMA e do Boxe. Trabalho desenvolvido por Silvio e Flavio Doria (registro de jornalistas: MTB 0082740/SP e MTB 0080216/SP, respectivamente), ambos membros da MMA Journalists Association. 

PosLuta.com | Copyright © 2019 | Todos os direitos reservados.