UFC São Petersburgo: Russos levam a melhor no geral

Os fãs brasileiros de MMA receberam um belo presente nesse final de semana de páscoa. O UFC São Petersburgo (UFC Fight Night 149) contou com uma série de lutas empolgantes, com apenas 4 das 12 luta indo para a decisão dos árbitros. E diga-se de passagem, duas dessas lutas de três rounds foram um show a parte (a vitória de Roxanne Modafferi sobre Antonina Shevchenko e a luta entre Islam Makhachev e Arman Tsarukyan). Mais felizes que os fãs brasileiros de MMA, somente os russos. A Russia saiu do evento com 5 vitórias e apenas 2 derrotas.


Card Principal


Alistair Overeem (vencedor; nocaute técnico; 1R) vs. Alexey Oleinik

Categoria: Pesado

Na principal luta da noite, Alistair Overeem (45-17-0) venceu por nocaute técnico Alexey Oleinik (57-12-1).


Overeem apesar de cansado, e de estar sofrendo uma série de golpes contundentes na altura da cintura conseguiu uma boa joelhada no final do round, levando o russo pro chão. A partir daí Overeem iniciou uma combinação, levando Mark Goddard a encerra a luta ainda no primeiro round. A impressão foi de que a estratégia de Overeem era apanhar até cansar

Alexey Oleinik.


Overeem em entrevista ainda no octogono disse não estar contente por derrotar Oleinik, já que ele era um bom amigo… ambos chegaram a treinar juntos no passado. E estava contente por voltar a Russia. Overrem ainda pediu uma luta com Alexander Volkov, com quem ele deveria ter lutado hoje.


Islam Makhachev (vencedor; decisão unânime) vs. Arman Tsarukyan

Categoria: Leve

Em uma batalha de três rounds de quedas e finalizações, Islam Makhachev (17-1-0) venceu o novato Arman Tsarukyan (13-2-0) por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28). Todos os rounds foram bem parelhos, com ligeira vantagem para Makhachev que se mostrou um lutador difícil de se derrubar e um lutador encardido no jogo de chão. Certamente é um nome para ficar de olho na divisão dos leves. Makhachev parecia frustrado após a luta. Disse não ser a performance que ele esperava. Porém, desafiou qualquer um do top 15 dos leves. Curiosidade: o pau de Khabib, Abdulmanap Nurmagomedov, estava no corner de Makhachev.


Sergei Pavlovich (vencedor; nocaute; 1R) vs. Marcelo Golm

Categoria: Pesado


Que mão pesada! Sergei Pavlovich (13-1-0) nocauteou o brasileiro Marcelo Golm (6-3-0) em pouco mais de 1 minuto de luta! Pressionado por vir de duas derrotas, o brasileiro foi pra cima e tomou uma série de golpes contundentes de Pavlovich, sendo nocauteado com um upper.


Roxanne Modafferi (vencedora; decisão dividida) vs. Antonina Shevchenko

Categoria: Mosca-feminino


Em uma luta bastante empolgante e parelha, Roxanne Modafferi (23-15-0) venceu Antonina Shevchenko (7-1-0), a favorita, e irmã de Valentina Shevchenko. A luta foi muito parelha. Modafferi apesar de dominar o centro do octógono, pressionando Shevchenko, o faz de maneira pouco técnica e efetiva. Antonina foi melhor na trocação. Apenas no final, ela foi derrubada e pressionada no Gnp. Ligeira vantagem para Antonina. O estilo combativo de Modafferi se sobressaiu no segundo round, levando a luta a um empate. No round final, Antonina mudou seu estilo e partiu para uma trocação mais agressiva, desferindo uma série de chutes na altura da costela de Modafferi. Antonina até chegou a ser derrubada, mas logo recuperou a posição, mas perdeu em seguida. Boa parte do round se transcorreu no chão, com um bom equilíbrio, com ambas as lutadoras tendo seus momentos.


Krzysztof Jotko (vencedor; decisão unânime) vs. Alen Amedovski

Categoria: Medio


Na primeira luta do card principal, Krzysztof Jotko (20-4-0) venceu Alen Amedovski (8-1-0) por decisão unânime em uma luta de domínio total. Raro de se ver uma pontuação tão elástica assim (30-25, 30-26, 30-26).

Vindo de 3 derrotas Krzysztof Jotko começou bem o primeiro round. No segundo round, ampliou o domínio do russo, se aproveitando de sua inexperiência no chão. Na posição de crucifixo, Jotko impôs uma série de socos e cotoveladas contundentes, desgastando o russo. No round final, Jotko já sabia o caminho para a vitória. O polonês se aproveitou muito bem da inexperiência do russo no chão e iniciou outro domínio total no chão. Com as costas plantadas no chão e sem saber o que fazer com as pernas, o russo nada pode fazer.


Card Preliminar


Na primeira luta dessa tarde de sábado, Magomed Mustafaev (14-2-0) conseguiu uma vitória relâmpago (ainda no primeiro round) sobre o estreante no UFC Rafael Fiziev (6-1-0). Magomed Mustafaev encerrou a luta com um belo chute rodado em Rafael Fiziev. No chão, Fiziev foi preza fácil para Mustafaev iniciar uma sequência de golpes contundentes levando o fim da luta por nocaute técnico! Bela vitória para Mustafaev que não lutava a cerca de dois anos.


Na sequência, outro nocaute relâmpago (em 44 segundos)! Gadzhimurad Antigulov (20-6-0) entrou desesperado, focado em acabar a luta o mais rápido possível desferindo uma série de socos sem nenhuma tática. Calmo, Michał Oleksiejczuk aproveitou os espaços abertos por Antigulov e conseguiu 3 bons golpes que fizeram Antigulov cair em todos. No último, ele aproveitou para desferir uma sequência de golpes, levando o arbitro a encerrar a luta em mais um nocaute técnico relâmpago.


Pelos pesados, Marcin Tybura (17-5-0) foi derrotado por Shamil Abdurakhimov (20-4-0) no inicio do segundo round. No inicio do combate, Abdurakhimov já apresentava ligeira vantagem. No segundo round, veio a vitória. Após ser acertado com um bom direto de Abdurakhimov, Tybura sentiu e foi atacado por uma série de golpes contundentes levando ao fim da luta. Mais lento, Tybura vinha sendo acertado por diversos golpes no primeiro e inicio do segundo round.


Estreando no UFC, o brasileiro Alex da Silva Coelho (20-2-0) perdeu por finalização para Alexander Yakovlev (24-8-1) no segundo round. O brasileiro vinha bem na luta, tinha pego o russo em uma boa guilhotina em pé, mas perdeu a posição ao ser atirado ao chão com violência. Pouco depois foi a vez de Yakovlev pegar o brasileiro em uma guilhotina, não restanto outra opção se não o tap-out por Alex.


Originalmente, Teemu Packalén estava escalado para enfrentar Alexander Yakovlev, mas ele foi removido do card por razões não conhecidas. No seu lugar, o UFC decidiu apostar no estreante Alex da Silva Coelho.


Na primeira luta de 3 rounds completos até agora, Sultan Aliev (16-3-0) venceu Keita Nakamura (34-10-2) por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27). Foi uma luta morna, sem grande emoção. Keita Nakamura não procurou muito o combate, apesar de sempre estar em cima do russo. Por outro lado, Sultan foi melhor em pé, conseguindo sair em vantagem em todos os rounds. Resultado justo.


Na última luta do card preliminar, o russo Movsar Evloev (11-0-0) venceu o coreano Seung Woo Choi (7-2-0) por decisão unânime (29-27, 29-27, 29-26). A luta começou num ritmo bastante intenso, com tanto Evloev como Choi indo pra cima. No final do round, só deu Evloev, que impôs um volume de jogo maior sobre o coreano, seja no chão ou em pé, sempre golpeando-o. No segundo round a dinâmica se manteve: Evloev dominou o Choi no ground and poud, porém perdeu um ponto ao ter atingido o coreano com uma joelhada na cabeça. O domínio de Evloev se manteve no round final. Sabendo da vantagem do coreano em uma luta em pé por conta da envergadura, Evloev iniciou o round já pondo para baixo o coreano, pressionando-o contra o octogono, num estilo chato de se ver, mas muito eficiente.


Silvio Doria

Pós-Luta / Post-Fight

Nosso objetivo é trazer a nossos leitores reportagens e análises de qualidade, além de coberturas play-by-play de eventos do mundo do MMA e do Boxe. Trabalho desenvolvido por Silvio e Flavio Doria (registro de jornalistas: MTB 0082740/SP e MTB 0080216/SP, respectivamente), ambos membros da MMA Journalists Association. 

PosLuta.com | Copyright © 2019 | Todos os direitos reservados.