UFC on ABC: Transmissão em rede aberta nos EUA, volta da torcida e muito mais!

O UFC abriu o ano para o MMA em grande estilo nesta noite de sábado. O card principal foi bastante empolgante, com 3 lutas sendo finalizadas por nocaute. As duas únicas lutas encerradas por decisão dos árbitros foram ainda melhores. Pela luta principal, em uma atuação amplamente dominante, Max Holloway venceu Calvin Kattar por decisão unânime. Daniel Cormier chegou a comparar a atuação de Holloway com Muhammad Ali, por conta da atuação impecável e também pelo fato de ambos terem suas lutas transmitidas pela ABC (terceira maior rede aberta dos Estados Unidos). Pelo co-main event, Carlos Condit venceu Matt Brown por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27) em outra luta bastante empolgante.


Além das lutas empolgantes, o evento trouxe várias novidades. Durante a transmissão do card principal, Dana White deu a todos um feeback de sua última reunião com Khabib Nurmagomedov. Segundo ele, Khabib irá esperar o UFC 257 para ter uma definição se retorna de sua anunciada aposentadoria. Neste evento, lutarão pelos leves (divisão de Khabib): Dustin Poirier e Conor McGregor pela main event e Dan Hooker e Michael Chandler pelo co-main event.


Este também foi o primeiro evento desde o início da pandemia do Covid-19 a ter uma torcida na arena (Etihad Arena em Abu Dhabi, United Arab Emirates). Ouvir o som da torcida se empolgando durante as duas últimas lutas do evento foi algo de arrepiar!


Outra novidade neste evento foi a transmissão ao vivo do card principal em rede aberta nos Estados Unidos, via ABC (terceira maior rede de TV dos EUA, atrás de CBS e NBC) de propriedade da Disney Company.


Card Principal


Max Holloway vs. Calvin Kattar

Categoria: Peso-pena

Max Holloway vence Calvin Kattar por decisão unânime (50–43, 50–43, 50–42)

Em uma atuação dominante, Max Holloway venceu Calvin Kattar por decisão unânime. Daniel Cormier chegou a comparar a atuação de Holloway com Muhammad Ali, por conta da atuação impecável e também pelo fato de ambos terem suas lutas transmitidas pela ABC (terceira maior rede aberta dos Estados Unidos)


Holloway esteve superior não só na trocação, mas também na esquiva. Foi uma atuação excepcional de Holloway. Holloway foi superior no round inicial. Foi no geral um round de boa movimentação de ambos, mas Holloway mostrou mais volume de jogo, mostrando estar afiado na trocação. Holloway continuou mais confiante no segundo round, mostrando rapidez nos golpes e bastante acurácia. No final do round, uma boa sequência de Holloway quase pôs fim à luta! Holloway continuou superior no terceiro round. No quarto round, Holloway foi mais intenso na trocação. Os body shots de Holloway quase levaram ao fim a luta por diversas vezes. Kattar mostrou bastante resistência. Mesmo sob intenso ataque ainda conseguiu contra-atacar em alguns momentos! Holloway continuou dando seu show no round final. Nos momentos finais, Holloway chegou até se exibir para os comentaristas da transmissão oficial (Anik, Cormier e Hardy), dizendo ser o maior boxeador do UFC.


Carlos Condit vs. Matt Brown

Categoria: Peso-meio-médio

Carlos Condit vence Matt Brown por decisão unânime (30–27, 30–27, 30–27)

Na primeira luta do card principal a terminar na decisão dos árbitros de mesa, Carlos Condit venceu Matt Brown por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27).


Brown foi superior no primeiro round. Brown permaneceu boa parte do round impondo seu jogo de chão sobre Condit, que não pode fazer muito. Chamou atenção o sangramento de Brown, logo no inicio do round. Houve mais trocação no segundo. Ambos tiveram bons momentos. Brown acertou uma boa cotovelada em Condit no inicio do round. Já Condit acertou bons chutes no corpo de Brown. Vimos uma ligeira vantagem para Condit neste round, por conta do maior volume de golpes e maior tempo no chão, dominando Brown. O terceiro round foi decisivo e Condit aproveitou melhor a chance. Condit conseguiu dominar Brown no chão, mesmo em momentos em que esteve por baixo, mostrando mais atividade. Mais cansado, Brown não conseguiu aproveitar as chances que teve no chão.


Santiago Ponzinibbio vs.Li Jingliang

Categoria: Peso-meio-médio

Li Jingliang vence Santiago Ponzinibbio por nocaute no 1R

Pasmen, em outra luta rápida de apenas um round, Li Jingliang venceu por nocaute Santiago Ponzinibbio. A luta estava bastante parelha, com ambos se respeitando bastante, mas Jingliang estava se soltando mais no round, com alguns socos e chutes, porém sem grande contundência… Até que ambos iniciaram uma rápida trocação até que uma bomba de esquerda levou a baixo o argentino.


Apesar de bastante tempo fora de atividade (sua último luta foi em Nov/18!) por conta de problemas médicos, Ponzinibbio acumulava a terceira maior sequência de vitória consecutivas (7) na divisão dos meio-médios.


Joaquin Buckley vs. Alessio Di Chirico

Categoria: Peso-médio:

Alessio Di Chirico nocauteia Joaquin Buckley no 1R

Em outra luta de um round, Alessio Di Chirico surpreendeu ao nocautear Joaquin Buckley com um chute alto mortal! A luta havia passado pouco mais de 1 minuto até que Chirico acertou o golpe decisivo, na região lateral da cabeça de Buckley. Em entrevista ainda no octógono, Di Chirico defendeu mais entrevistas no octógono também com os perdedores, parte fundamental de todo o show.


Punahele Soriano vs. Dusko Todorovic

Categoria: Peso-médio


Em uma luta de apenas um round, Punahele Soriano venceu por nocaute técnico Dusko Todorovic. Foram diversos momentos no round inicial em que Soriano esteve próximo de vencer a luta. Em um momento, Todorovic chegou a perder seu protetor bucal, tamanha violência dos golpes de Soriano.


Soriano agora acumula 8 vitórias em 8 lutas, das quais 5 por nocaute técnico. Nada mal para um iniciante no UFC.


Por: Silvio & Flavio Dória

Pós-Luta / Post-Fight

Nosso objetivo é trazer a nossos leitores reportagens e análises de qualidade, além de coberturas play-by-play de eventos do mundo do MMA e do Boxe. Trabalho desenvolvido por Silvio e Flavio Doria (registro de jornalistas: MTB 0082740/SP e MTB 0080216/SP, respectivamente), ambos membros da MMA Journalists Association. 

PosLuta.com | Copyright © 2019 | Todos os direitos reservados.