UFC Newark: Antonina Shevchenko mostra à que veio em luta sangrenta

Em um horário atipico, o UFC Newark trouxe bons combates pra essa tarde de sábado. A última luta do card preliminar, e teoricamente a principal, foi pouco empolgante. Mickey Gall (6-2-0) venceu Salim Touahri (10-4-0) por decisão unânime (28-27, 28-27, 28-27) em uma luta sem brilho. Porém, a luta anterior, entre Antonina Shevchenko (8-1-0) e Lucie Pudilova (8-5-0) foi excepcional! Shevchenko mostrou bastante bravura na luta. Mesmo tendo sofrido um corte profundo no rosto, ela continuou firme na luta, mostrando um bom jogo de chão (e bravura). “Não senti a cotovelada, mas obviamente senti o sangue escorrendo no rosto” disse Shevchenko em entrevista após a luta. Destacamos ainda, a boa vitória do brasileiro Claudio Silva, o “Hanibal” (14-1-0) sobre o estreante no UFC, Cole Williams (11-2-0).


Card Preliminar


Mickey Gall vs. Salim Touahri

Categoria: Meio-Médio

Na última luta do card preliminar, Mickey Gall (6-2-0) venceu Salim Touahri (10-4-0) por decisão unânime (28-27, 28-27, 28-27) em uma luta sem brilho. O primeiro round foi todo ditado por Gall, que passou boa parte do round pressionando Touahri na grade, tentando a todo momento ajustar a posição sobre as costas de Touhari, mas sem sucesso. O segundo round foi mais equilibrado, mostrando que em pé, na trocação, Gall não é lá grande coisa. No final do round, ele acabou caindo por baixo, deixando Touahri em vantagem. O round final foi o mais equilibrado. Os dois lutadores aparentavam bastante cansaço, o que fez com que os golpes trocados em pé perdessem um pouco de contundência. Gall saiu com ligeira vantagem do round.


No geral, Gall fez uma luta sem brilho. Ele mostrou dificuldade em derrubar Touahri para partir para sua especialidade. Porém seu maior ponto fraco, evidenciado nessa luta, foi o gás pouco limitado. Tem muito que melhor o jovem prospecto do UFC.


Antonina Shevchenko vs. Lucie Pudilova

Categoria: Mosca (Feminino)

Em uma luta incrível, Antonina Shevchenko (8-1-0) venceu Lucie Pudilova (8-5-0) de forma contundente. O primeiro round foi sensacional, o melhor do evento até então! Shevchenko começou bem, aplicando boas joelhadas no corpo de Pudilova, mas no final do round sofreu uma violenta cotovelada, abrindo um corte profundo. Shevchenko ainda teve tempo de quase finalizar Pudilova com uma chave de braço. O round seguinte foi ainda mais incrivel! Shevchenko encaixou logo no inicio do round um estrangulamento muito bem aplicado. Impressionou a demora do arbitro em encerrar a luta. Pudilova chegou a ficar bons segundos desacordada, sem que a luta fosse encerrada.


Shevchenko mostrou bastante bravura na luta. Mesmo tendo sofrido um corte profundo no rosto, ela continuou firme na luta, mostrando um bom jogo de chão (e bravura). “Não senti a cotovelada, mas obviamente senti o sangue escorrendo no rosto” disse Shevchenko em entrevista após a luta.


Jordan Espinosa vs. Matt Schnell

Categoria: Mosca

Nem chegou a suar! Em uma luta rápida, Matt Schnell (14-4-0) finalizou Espinosa (14-6-0) por meio de um triângulo ainda nos minutos iniciais do primeiro round (1min e 46 segundos). Essa foi a segunda finalização mais rápida na divisão dos moscas.


Lauren Murphy vs. Mara Romero Borella

Categoria: Mosca (Feminino)

Em uma boa luta, a ex-campeã do Invicta, Lauren Murphy (11-4-0) venceu a italiana Mara Romero Borella (12-6-0) por nocaute técnico no último round. Borella começou o round com mais cautela, atacando pouco e evitando o confronto direto. Murphy por outro lado, buscou mais a luta e, apesar da falta de efetividade nos golpes, saiu na frente no primeiro round. O segundo round foi morno. Apenas no meio do round Borella conseguiu derrubar Murphy em um double lag, mas não conseguiu permanecer no chão muito tempo. Em pé, Borella ainda teve chance de arriscar uma finalização, mas sem sucesso. A coisa mudou na sequência. No round final, após acertar um soco que desorientou Borella, Murphy conseguiu aplicar uma joelhada em cheio no rosto da italiana levando-a ao chão de imediato. Na sequência, Murphy precisou só de alguns poucos golpes contundentes para o TKO.


Murphy comemorou como se não acredita-se o nocaute técnico. “Tenho um filho e preciso coloca-lo na faculdade” brincou a norte-americana em entrevista no octógono.


Claudio Silva vs. Cole Williams

Categoria: Peso Combinado

Na primeira luta de um brasileiro no UFC Newark, Claudio Silva, o “Hanibal” (14-1-0) venceu o estreante no UFC, Cole Williams (11-2-0). Williams começou o round com bastante confiança, de baixa guarda, mesmo levando alguns jabs no rosto. Em alguns momentos chegou a soltar a mão no brasileiro. Porém, a partir do meio do round, Hanibal domininou. O brasileiro conseguiu derrubar o americano e pouco depois, conseguiu uma finalização por estrangulamento! Em entrevista ainda no octógono, o brasileiro pediu mais lutas na organização. “Mantenham-me ocupado!” bradou Hanibal em inglês.


Miranda Granger vs. Hannah Cody

Categoria: Palha (Feminino)

Na primeira luta do UFC Newark, Miranda Granger (5-0-0) venceu Hannah Cody (2-1-0) por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27) em uma luta pouco empolgante. Granger foi melhor na trocação no primeiro round. Como resultado, Cody foi para o corner no intervalo com um galo enorme em sua testa. Segundo round bem morno, Granger, ainda melhor no round, vem explorando mais chutes altos mas nada efetivo. No final do round, Cody conseguiu controlar melhor a distância com bom chutes, mas ainda assim foi um round fraco. Cody fez pouco no último round. Não foi agressiva como deveria, não encurtou a distância para compensar a pouca envergadura… Enfim, parecia que ter desistido de obter uma vitória (ainda que por virada). Granger deve levar.


Por Silvio Dória

Pós-Luta / Post-Fight

Nosso objetivo é trazer a nossos leitores reportagens e análises de qualidade, além de coberturas play-by-play de eventos do mundo do MMA e do Boxe. Trabalho desenvolvido por Silvio e Flavio Doria (registro de jornalistas: MTB 0082740/SP e MTB 0080216/SP, respectivamente), ambos membros da MMA Journalists Association. 

PosLuta.com | Copyright © 2019 | Todos os direitos reservados.