UFC Moscou: Magomedsharipov confirma favoritismo e derrota Kattar

Em sua 501o edição, o UFC desembarcou na Moscou (UFC Fight Night 163 ou UFC on ESPN+ 21) para colocar frente a frente dois lutadores de peso na divisão dos penas: Zabit Magomedsharipov e Calvin Kattar. Favorito para a luta, Magomedsharipov, venceu Kattar por pontos em três rounds de trocação intensa. Atual quinto do ranking, o russo é visto por fãs e especialistas como um possível futuro campeão da categoria. A segunda luta principal da noite seria um duelo entre dois campeões do pesado, entre o ex-campeão da divisão, Junior dos Santos "Cigano" e o ex-campeão do Bellator, o Alexander Volkov. Porém Cigano teve que ser retirado do card após sofrer uma infecção na perna. Em seu lugar o UFC colocou Greg Hardy, que vinha de uma polêmica. Há pouco mais de 1 mês, Hardy teve sua vitória contra Ben Sosoli anulada após ser flagrado usando uma bombinha para asma durante o intervalo de um dos rounds. Sem poder usar sua bombinha, Hardy foi derrotado por Volkov em uma atuação sóbria, sem assumir grandes riscos.


Card principal


Zabit Magomedsharipov vs. Calvin Kattar

Categoria: Pena

Zabit Magomedsharipov venceu Calvin Kattar por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)

Na principal luta da noite, Zabit Magomedsharipov (18-1-0) venceu Calvin Kattar (20-4-0) por decisão em uma empolgante luta. O primeiro round foi bastante intenso. Foi o maior número de golpes trocados por round de todo o evento. Magomedsharipov foi melhor na nossa visão, conectando mais golpes. Magomedsharipov continuou em vantagem no segundo round, dessa vez mostrando uma versatilidade maior, com jabs, chutes altos e tentativas de queda. Nos minutos finais do round, Kattar conseguiu acertar bons golpes no russo, mas nada que mudasse o destino do round. O round final foi o mais parelho. Kattar, seguindo instruções do seu corner, mostrou um volume de golpes grande. Mesmo no chão, com Magomedsharipov, ele foi mais ativo. Ainda assim não foi o suficiente para ele levar a luta. Magomedsharipov por outro lado pareceu mais cansado no terceiro round.


Com seis lutas e seis vitórias no UFC, Zabit Magomedsharipov é a atual sensação da divisão até 66kg. Atual quinto do ranking, o russo é visto por fãs e especialistas como um possível futuro campeão da categoria. Em sua última luta, em março, dominou Jeremy Stephens, um dos principais nomes de sua divisão.


Pontuação oficial: Vitória de Zabit Magomedsharipov por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)

Nossa pontuação: 29-28 Zabit Magomedsharipov


Alexander Volkov vs. Greg Hardy

Categoria: Pesado

Alexander Volkov venceu Greg Hardy por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)

Em uma luta bastante sóbria, Alexander Volkov (31-7-0) venceu por pontos o ex-jogador da NFL Greg Hardy (5-2-0) sem grande dificuldade. Ligeira vantagem para Volkov no primeiro round. Com apoio massivo da torcida, o russo dominou o centro do octógono por todo o round, sempre partindo para cima. O ponto negativo para o russo é que ele não soube usar bem sua envergadura, trocando golpes com Hardy na curta distância. Volkov continuou melhor no segundo round, mas sem se expor muito na trocação. Foi um round sob controle para Volkov. No round final, Volkov continuou em vantagem. Porém dessa vez o russo usou melhor sua envergadura, golpeando na longa distäncia para manter Hardy mais afastado. No início do round, Hardy até tentou uma trocação, mas sem sucesso.


Pontuação oficial: Alexander Volkov por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)

Nossa pontuação: 30-27 Alexander Volkov


Zelim Imadaev vs. Danny Roberts

Categoria: Meio-Médio

Danny Roberts venceu Zelim Madaev por nocaute no 2 Round

Vindo de duas derrotas, Danny Roberts (17-5-0) conseguiu uma boa vitória ao nocautear Zelim Imadaev (8-2-0), atleta da casa e um adversário duro. O primeiro round foi bastante movimentado e empolgante. Imadaev foi melhor no round, com maior número de golpes significativos. Roberts estava melhor no segundo round, já tinha um knock-down a seu favor até que no soar do gongo para o final do round ele acertou um poderoso cruzado de esquerda levando Imadaev à nocaute imediato.


Decisão Oficial: Vitória de Danny Roberts por nocaute no 2 Round


Khadis Ibragimov vs. Ed Herman

Categoria: Meio-Pesado

Ed Herman venceu Khadis Ibragimov por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)

Em uma apresentação dominante, Ed Herman (25-14-0) venceu o russo Khadis Ibragimov (8-2-0) por decisão unânime. Ibragimov foi para cima no início do round, mas acabou levando a pior. No clinch, Herman foi mais efetivo, aplicando boas joelhadas e socos. No segundo round a trocação entre ambos ficou mais intensa e a pontuação mais difícil. Ambos desferiram praticamente a mesma quantidade de golpes. O round final foi parecido com o anterior. Ambos os lutadores deram tudo de si, trocaram bastante, apesar do cansaço. Vimos uma ligeira vantagem para o russo no round final.


Pontuação oficial: Ed Herman por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)

Nossa pontuação: 30-28 Ed Herman


Ramazan Emeev vs. Anthony Rocco Martin

Categoria: Meio-Pesado

Anthony Rocco Martin venceu Ramazan Emeev por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)

Em outra luta decidida pelos árbitros de mesa, Anthony Rocco Martin (17-5-0) venceu o atleta da casa Ramazan Emeev (18-4-0). Rocco Martin foi melhor no round inicial. Ele conseguiu mostrar um maior volume de golpes e chegou até a quase encaixar uma finalização, sem sucesso. Martin esteve melhor também no segundo round, porém este foi mais equilibrado. Emeev respondeu todos os golpes sofridos por Martin, inclusive em sua perna. Os chutes na panturrilha e uma pegada para finalização no final do round foram os melhores momentos de Martin no round. Martin manteve o maior volume de jogo no round final, garantindo a luta a seu favor.


Pontuação oficial: Anthony Rocco Martin por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)

Nossa pontuação: 30-27 Anthony Rocco Martin


Shamil Gamzatov vs. Klidson Abreu

Categoria: Meio-Pesado

Shamil Gamzatov venceu Klidson Abreu por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Estreando no UFC, e com 14 vitórias consecutivas no cartel, Shamil Gamzatov (14-0-0) venceu por decisão dividida (e polêmica), o brasileiro Klidson Abreu (15-4-0).


O primeiro round começou morno, com os dois lutadores se estudando bastante. Foram desferidos mais chutes (baixos na altura das pernas e na linha de cintura) de ambos os lutadores. Klidson foi claramente melhor no segundo round. O brasileiro conseguiu desferir alguns golpes contundentes (no rosto e um chute baixo que desequilibrou o russo). Klidson também levou o último round, mas foi por uma margem menor que no segundo round. A estratégia do brasileiro se manteve a mesma: sair pela esquerda do russo (que é canhoto) para sair do seu raio de ação e atacá-lo, principalmente com chutes nas pernas e alguns poucos golpes.


O amazonense Klidson Abreu fez sua terceira luta pelo UFC em Moscou. Depois de estrear com derrota em fevereiro, o brasileiro venceu Sam Alvey, em julho. Ex-campeão do Brave, Klidson fez algumas lutas na Rússia antes de se tornar um atleta do UFC e chegou a ter fama por derrotar russos.


Pontuação oficial: Vitória de Shamil Gamzatov por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Nossa pontuação: 30-27 para Klidson Abreu


Por Silvio Dória

Pós-Luta / Post-Fight

Nosso objetivo é trazer a nossos leitores reportagens e análises de qualidade, além de coberturas play-by-play de eventos do mundo do MMA e do Boxe. Trabalho desenvolvido por Silvio e Flavio Doria (registro de jornalistas: MTB 0082740/SP e MTB 0080216/SP, respectivamente), ambos membros da MMA Journalists Association. 

PosLuta.com | Copyright © 2019 | Todos os direitos reservados.