UFC Las Vegas 7: Frankie Edgar vence o favorito Pedro Munhoz em sua estreia nos galos

Apesar das baixas (três lutas foram canceladas de última hora, duas na passagem e uma no dia da luta), o UFC on ESPN: Munhoz vs. Edgar (UFC on ESPN 15 ou UFC Vegas 7) trouxe boas lutas. Das cinco lutas no card principal, apenas uma terminou na decisão dos árbitros de mesa.


Pela luta principal, e a única do card principal a ir para a decisão dos árbitros de mesa, Frankie Edgar (24-8-1), descendo para a divisão dos galos, venceu o brasileiro Pedro Munhoz (18-5-0) por decisão dividida (48-47, 46-49, 48-47). Na segunda luta principal, Mike Rodriguez (11-4-0), usando seu clinch de muay-thai, nocauteou Marcin Prachnio (13-5-0) ainda no primeiro round. No card preliminar, vale menção a vitória da brasileira Amanda Lemos, ex-campeã do Jungle Fight. Amanda venceu por pontos (30–27, 30–27, 30–27), a japonesa Mizuki Inoue pela divisão palha (feminino).


Card principal


Pedro Munhoz vs. Frankie Edgar

Categoria: Galo

Frankie Edgar vence Pedro Munhoz por decisão dividida (48-47, 46-49, 48-47)

Pela luta principal, e a única do card principal a ir para a decisão dos árbitros de mesa, Frankie Edgar (24-8-1) venceu o brasileiro Pedro Munhoz (18-5-0) por decisão dividida (48-47, 46-49, 48-47).


O primeiro round foi bastante parelho, com uma movimentação grande de ambas as partes. Ambos também tiveram bons momentos na trocação. Diferente do primeiro round, no segundo vimos uma vantagem maior de Edgar, que manteve sua boa movimentação característica e um maior volume de golpes e contundência. Munhoz inclusive saiu com um corte no rosto. Edgar continuou melhor no terceiro round, mantendo sua combinação de movimentação com golpes precisos. Não final, porém, Munhoz pareceu crescer na luta. Munhoz se saiu melhor no quarto round em nossa visão, não são no volume de golpes mas também em contundência. O ritmo de ambos, no entanto, permaneceu quase o mesmo do inicio da luta. Sabendo da pontuação apertada, ambos os lutadores se expuseram mais no último round, partindo para uma trocação franca em alguns momentos do round final. Na pontuação, vimos ligeira vantagem para o brasileiro.


Marcin Prachnio vs. Mike Rodriguez

Categoria: Meio-Pesado


Em mais uma luta encerrada no primeiro round, Mike Rodriguez (11-4-0) nocauteou Marcin Prachnio (13-5-0). A luta estava parelha, com uma ligeira vantagem para Rodriguez que na grade conseguiu pegar Prachnio no clinch de muay-thai e não mais o largou, acertando uma poderosa cotovelada em Prachnio que o levou ao chão de imediato.


Austin Hubbard vs. Joe Solecki

Categoria: Leves

Joe Solecki vence por finalização Austin Hubbard no 1R

Em uma luta rápida, Joe Solecki (10-2-0) ainda no primeiro round, finalizou Austin Hubbard (12-5-0). O primeiro round começou bastante parelho, mas do meio para o final Solecki se saiu melhor. Na grade, Solecki buscou as costas de Hubbard, onde permaneceu por um bom tempo, até que o finalizou com um mata-leão.


Originalmente escalada para o card preliminar, a luta entre ambos foi elevada ao card principal após Ovince Saint Preux testar positivo para o Covid-19 e ter sua luta contra Alonzo Manifield cancelada.


Mariya Agapova vs. Shana Dobson

Categoria: Mosca (Feminino)

Shana Dobson vence por nocaute técnico Mariya Agapova no 2R

Em mais uma virada no card principal, Shana Dobson (4-4-0) venceu por nocaute técnico Mariya Agapova (9-2-0) no segundo round. Foi uma vitória importante para Dobson, que vinha de uma sequência de 3 derrotas consecutivas.


Agapova começou bem o primeiro round. Superior na trocação em pé (em volume e contundência), Agapova teve trabalho quando a luta foi para o chão, mas se saiu muito bem. Conseguiu se defender bem de uma chave de braço e, na sequência, quase conseguiu uma finalização. No segundo round, Dobson entrou para acabar com a luta. Dobson estava no chão, porém reverteu a posição e iniciou uma sequência de golpes contundentes, que levaram o fim da luta.


Daniel Rodriguez vs. Dwight Grant

Categoria: Meio-Médio

Daniel Rodriguez vence por nocaute ténico Dwight Grant no 1R

Em uma luta rápida, e sensacional, Daniel Rodriguez (13-1-0) venceu Dwight Grant (10-3-0) por nocaute técnico. Dwight Grant começou a luta muito bem, conseguindo um knock-down no primeiro minuto de luta. Grant ainda deu inicio a uma sequência de golpes contundentes, mas que não levaram Rodriguez à nocaute. De tanto bater, Grant pareceu ter cansado e quando a luta foi para a trocação em pé, Rodriguez levou a melhor e nocauteou Grant em uma virada impressionante!


Por Silvio e Flavio Doria

Pós-Luta / Post-Fight

Nosso objetivo é trazer a nossos leitores reportagens e análises de qualidade, além de coberturas play-by-play de eventos do mundo do MMA e do Boxe. Trabalho desenvolvido por Silvio e Flavio Doria (registro de jornalistas: MTB 0082740/SP e MTB 0080216/SP, respectivamente), ambos membros da MMA Journalists Association. 

PosLuta.com | Copyright © 2019 | Todos os direitos reservados.