UFC Fight Night 214: Amanda Lemos se aproxima do cinturão após vitória sobre Marina Rodriguez

O UFC Fight Night 214 (UFC ESPN+ 72 ou UFC Vegas 64) pos frente a frente, Marina Rodriguez (16-2-2) e Amanda Lemos (13-2-1), duas promessas do Brasil na divisão palha da categoria feminina. E Marina levou a pior. No terceiro round, após uma trocação franca de Amanda Lemos, Marina foi nocauteada, consolidando o nome de Amanda como a provável desafiante de uma próxima disputa de cinturão na divisão. No co-main event, pelos meio-médios, Neil Magny (27-10) venceu Daniel Rodriguez (17-3) por finalização no terceiro e ultimo round.


Card principal


Marina Rodriguez vs. Amanda Lemos

Categoria: Palha feminino (até 52,2 kg /115 lb)

Na luta principal da noite, Marina Rodriguez (16-2-2) foi derrotada pela compatriota Amanda Lemos (13-2-1), se consolidando como uma das lutadoras mais temidas da divisão palha-feminino.


O primeiro round foi de bastante estudo de ambas as lutadoras. Apesar da intensa movimentação pelo octógono ambas não chegaram a atacar de forma mais consistente, o que tornou o round bastante equilibrado e de dificil pontuação. O segundo round foi mais dinâmico e, em nossa visão, Amanda se saiu melhor. Após derrubar Marina, Amanda quase conseguiu finalizar Marina com um mata-leão, muito bem defendido. No terceiro round, Amanda veio ainda mais agressiva que o round anterior nas trocações. E em uma sequência de golpes mais duros levaram o arbitro a encerrar a luta por nocaute técnico, mesmo com Marina ainda em pé.

Neil Magny vs. Daniel Rodriguez

Categoria: Meio-Médio (até 77,1 kg / 170 lb)


No co-main event, pelos meio-médios, Neil Magny (27-10) venceu Daniel Rodriguez (17-3) por finalização no terceiro e ultimo round.


Magny e Rodriguez fizeram um bom primeiro round. Rodriguez se saiu melhor em nossa visão, mostrando uma boa trocação (volume e contundência). Rodriguez continuou mostrando uma boa trocação no segundo round. Rodriguez foi bastante eficiente, conectando diversos jabs certeiros em Magny. Diferente do round anterior, Magny reagiu menos aos ataques de Rodriguez. No round final, Manny reverteu o resultado da luta ao finalizar Rodriguez por meio de um triangulo de mão invertido.

Darrick Minner vs. Shayilan Nuerdanbieke

Categoria: Leve (até 70,3 kg / 155 lb)

Em outra luta rápida, Shayilan Nuerdanbieke (39-10) venceu Darrick Minner (26-14) por nocaute técnico. Minner sofreu uma lesão no joelho após desferir um chute. Minner tentou outro chute, mas perdeu a base, foi derrubado e nocauteado pouco depois.


Tagir Ulanbekov vs. Nate Maness

Categoria: Mosca (até 56,7 kg / 125 lb)

Em uma luta de apenas 1 round, Tagir Ulanbekov (14-2) finalizou Nate Maness (14-3) com uma guilhotina aplicada em pé. Maness até resistiu por bastante tempo, mas não resistiu o golpe bem encaixado do russo.


Grant Dawson vs. Mark Madsen

Categoria: Peso combinado


De forma dominante, Grant Dawson (19-1-1) venceu o favorito e até então invicto Mark Madsen (12-1) pela primeira luta do card principal do evento.


Dawson começou a luta indo para sua especialidade, o jogo de wrestler e com sucesso diga-se de passagem. Dawson depois de muita dificuldade conseguiu derrubar Madsen e assumiu suas costas onde permaneceu pelo restante do round. No segundo round, novamente Dawson buscou quedar Madsen partindo incansavelmente para suas pernas. E assim como no round anterior, Dawson passou o restante do round dominando Madsen no chão. Dawson continuou melhor no round final, porém dessa vez ele explorou a trocação em pé, desferindo bons chutes baixos em Madsen. Em um dos chutes desferidos, Madsen chegou a cair no chão, onde foi finalizado pouco depois por um mata-leão.


Por Silvio e Flavio Doria