UFC Fight Night 186: Gane supera Rozentruik em uma luta pouco empolgante

Em mais um evento liderado por uma batalha entre pesados, o UFC Fight Night 186 (UFC Vegas 20) teve lutas empolgantes, embora a luta principal tenha decepcionado. Alex Caceres e Kevin Croom e, principalmente, Pedro Munhoz e Jimmie Rivera fizeram uma boas lutas no card principal, esta última sendo escolhida como a luta da noite pelo evento. No card preliminar, o brasileiro Thiago Moisés e Alexander Hernandez, pela divisão dos leves, também fizeram um bom combate, como esperado. Porém, no geral foi um evento relativamente fraco em nossa visão, com quase todas as lutas indo parar na decisão dos árbitros de mesa (das 9 lutas apenas 1 terminou em um nocaute técnico). Até aí nada demais, o que nos frustrou e provavelmente os fãs, foi o duelo entre pesados no main-event. Jairzinho Rozentruik e Ciryl Gane fizeram uma luta fraca, sem combatividade e, portanto, sendo decidida na mão dos árbitros. Rozentruik em certos momentos parecia não querer lutar, cabendo a Gane apenas administrar os rounds, garantindo uma pontuação razoável ao seu favor.

Card principal

Jairzinho Rozentruik vs. Ciryl Gane

Categoria: Pesado

Ciryl Gane vence Jairzinho Rozentruik por decisão unânime (50-45, 50-45, 50-45)

Em uma luta de certa forma frustrante, Ciryl Gane (8-0-0) manteve sua invencibilidade no octógono ao superar Jairzinho Rozentruik (11-2-0) por decisão unânime (50-45, 50-45, 50-45). Gane e Rozentruik fizeram uma luta pouco empolgante. Rozentruik buscou muito pouco o combate e o próprio Gane também foi muito cauteloso, não tomando muitos riscos durante a luta, porém fazendo o mínimo para ganhar os rounds.


Gane agora possui a maior sequencia de vitórias entre os pesados no UFC (5 vitórias seguidas no evento, seguido de Derrick Lewis, Francis Ngannou e Marcin Tyura todos com 4).

Nikita Krylov vs. Magomed Ankalaev

Categoria: Meio-Pesado


Nikita Krylov (27-8-0) e Magomed Ankalaev (15-1-0) fizeram uma luta de três rounds completos. Ao final, Ankalaev saiu vitorioso, após a luta ser decidida por unanimidade (29–28, 29–28, 29–28) a seu favor. Os dois primeiros rounds foram bastante equilibrados, embora Ankalaev tenha se saído melhor em nossa visão. No round final, Ankalaev praticamente anulou o jogo de Krylov. O ucraniano permaneceu quase metade do round final no chão, com Ankalaev por cima e pressionando-o contra a grade.

Montana De La Rosa vs. Mayra Bueno Silva

Categoria: Mosca (Feminino)


Mayra Bueno Silva (7-1-0) e Montana De La Rosa (11-6-0) saíram com um empate (decisão majoritária) em uma luta bastante apertada, principalmente por conta de um ponto descontado de Mayra.


O primeiro round foi bastante parelho, na trocação em pé ambas tiveram bons momentos.. porém na pontuação De La Rosa se saiu melhor por conta de um ponto descontado da brasileira (por segurar na grade). No round seguinte, Mayra começou mais agressiva, conseguindo conectar um bom chute alto, seguido de um direto. A brasileira teve bons momentos no clinch também… sendo ameaçada apenas no final do round, quando a luta foi para o chão. No round final, novamente Mayra se saiu melhor, sendo mais contundente na trocação. Os danos no rosto de De La Rosa ficaram mais aparentes no 3R.


Pedro Munhoz vs. Jimmie Rivera

Categoria: Galo

Pedro Munhoz vence Jimmie Rivera por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)

Em uma excelente performance, Pedro Munhoz (19-5-1), 8o no ranking da divisão galo superou Jimmie Rivera (23-5-0), 9o no ranking por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27). Seus chutes na região da panturrilha de Rivera acabaram ditando o ritmo da luta.


Só pedrada! Munhoz e Rivera trocaram duros golpes em pé nesse primeiro round! A velocidade e força dos golpes (mais pelo barulho do que pelos danos) de ambos é impressionante. Assim como no primeiro round, Munhoz passou boa parte do segundo round minando as pernas de Rivera. A região da panturrilha de Rivera chegou a ficar bastante marcada. No round final, Munhoz continuou melhor e, claro, por conta de seus chutes na altura das pernas, que continuaram castigando Rivera a ponte de sua perna ficar roxa! Rivera chegou a ensaiar uma virada no final, mas sem sucesso.

Alex Caceres vs. Kevin Croom

Categoria: Pena

Alex Caceres vence Kevin Croom por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-27)

Em uma luta dominante, Alex Caceres (18-12-1) venceu Kevin Croom (21-13-1) por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-27).


No round inicial a luta foi bastante movimentada. Croom passou todo o round buscando o combate, porém Caceres se saiu melhor em nossa visão, com golpes mais precisos, uma boa defesa de queda. No minuto final do round ele ainda teve um bom momento no ground and pound. Croom passou por um aperto no segundo round, quase sendo pego por uma tentativa de finalização (por triângulo) de Caceres. Além desse momento, boa parte do round foi bem amarrado, sem efetividade de ambas as partes. No inicio do round final, Croom foi golpeado três vezes na cabeça, chegando inclusive a cambalear por um breve momento. Mas Caceres não foi capaz de aproveitar o momento. Croom pareceu exausto no round final, sendo um alvo fácil…


Por Silvio e Flavio Doria

Pós-Luta / Post-Fight

Nosso objetivo é trazer a nossos leitores reportagens e análises de qualidade, além de coberturas play-by-play de eventos do mundo do MMA e do Boxe. Trabalho desenvolvido por Silvio e Flavio Doria (registro de jornalistas: MTB 0082740/SP e MTB 0080216/SP, respectivamente), ambos membros da MMA Journalists Association. 

PosLuta.com | Copyright © 2019 | Todos os direitos reservados.