UFC Fight Night 136: Moscou sedia seu primeiro UFC, e que evento!

Atualizado: 16 de Set de 2018

Em um evento histórico, o primeiro do UFC na Rússia vimos Mark Hunt ser finalizado pela sensação russa dos pesados, Oleksiy Oliynyk. Oliynyk é conhecido dos brasileiros. Há menos de alguns meses atrás, no UFC Rio, o russo finalizou Viktor Pesta com um estrangulamento ezequiel. Foi a primeira vez na história da organização que vimos tal finalização. Dessa vez, contra Hunt não vimos estrangulamento ezequiel. Oliynyk finalizou Hunt com um "simples" mata-leão. O card principal foi ainda repleto por diversas boas lutas. O destaque negativo foi a luta pouco empolgante de Andrei Arlosvki e Shamil Abdurakhimov, além da derrota de Thiago "Pitbull" Alves. Pitbull fez uma boa luta, mas os arbitros acabaram dando a vitória para o atleta da casa, Alexey Kunchenko.


Card Principal


Mark Hunt vs. Oleksiy Oliynyk (vencedor; finalização; 1R)

Categoria: Pesado

Oleksiy Oliynyk finaliza Mark Hunt ainda no 1R

Mark Hunt e Oleksiy Oliynyk fizeram a luta principal da noite. Oliynyk conseguiu finalizar (por mata-leão) rapidamente Mark Hunt.


Chamou nossa atenção na luta a fita adesiva transparente que Mark Hunt usava no braço, sinal de uma lesão dermatológica provocada por uma bactéria. Era possíve até ver um buraco no braço de Hunt.


Jan Blachowicz (vencedor; finalização; 2R) vs. Nikita Krylov

Categoria: Meio-Pesado

Jan Blachowicz finaliza Nikita Krylov no 2R

Jan Blachowicz e Nikita Krylov fizeram a segunda luta principal do evento. Blachowicz saiu na frente nesse inicio de luta. Seu volume de golpes foi inferior, mas com mais golpes contundentes. Boa parte do primeiro round ele passou por cima de Krylov no chão. No segundo round, voltou para o chão, onde estava melhor. Ainda no começo do round, Blachowicz aplicou uma boa finalização em Krylov, que não teve outra alternativa se não dar o tap-out.


Blachowicz pediu uma disputa pelo cinturão após a vitória.


Andrei Arlovski vs. Shamil Abdurakhimov (vencedor; decisão unânime)

Categoria: Pesado

Shamil Abdurakhimov vence por decisão unânime Andrei Arlovski

Andrei Arlovski e Shamil Abdurakhimov fizeram uma luta pouco empolgante. Abdurakhimov venceu os três primeiros rounds na nossa visão. Arlovski já mostrava sinais de cansaço no final do primeiro round, por isso pouco fez nos rounds seguintes.


Ao final, os arbitros deram vitória por decisão unânime (29-28, 30-27, 30-27) para Abdurakhimov. Em entrevista ainda no octogono, ele pediu uma próxima luta contra Derrick Lewis, seu antigo algos. No entanto, Lewis já tem luta marcada contra Alexander Volkov, no UFC 229


Alexey Kunchenko (vitória; decisão unânime) vs. Thiago Alves

Categoria: Meio-Médio

Alexey Kunchenko vence Thiago Alves por decisão unânime

Alexey Kunchenko venceu Thiago "Pitbull" Alves em uma luta bastante apertada. Os dois primeiros rounds foram muito parelhos, mas na nossa visão vimos uma ligeira vantagem para Pitbull em ambos. Apenas no round final, Alexey Kunchenko mostrou mais disposição e claramente venceu o round. Os arbitros deram vitória para Alexey Kunchenko por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28).


Pitbull fez uma boa luta, apesar da derrota, no entanto essa luta pode coloca-lo em situaçõa complicada no evento, já que o brasileiro vem de uma sequência bastante irregular no UFC desde que atingiu o topo na disputa pelos cinturão dos Meio-Médios contra GSP em 2009.


Card Preliminar


Na primeira luta da noite (em Moscou), o georgiano Merab Dvalishvili enfrentou o norte-americano Terrion Ware. Dvalishvili iniciou o primeiro round já colocando Ware pra baixo. A partir de então foi um dominio total de Dvalishvili, que conseguiu aplicar algumas boas cotoveladas no Ground-and-Pound. Ware até conseguiu sair do chão, mas logo foi quedado, e de novo dominado. No segundo round, outro domínio pleno de Dvalishvili. Ware esteve por todo o round (e o anterior) completamente apático, sinal do cansaço por conta do aperto sofrido no primeiro round. O round final foi basicamente um replay dos rounds anteriores. Dvalishvili aplica uma boa queda em Ware e inicia seu GnP sem fim. Ao final, os arbitros de mesa deram vitória para Merab Dvalishvili por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-26), uma goleada no jargão do futebol.


Em seguida, se enfrentaram Ramazan Emeev e Stefan Sekulic, pela divisão Meio-Médio. Emeev fez um ótimo primeiro round. Ao longo de todo o round ele já vinha fazendo uma boa luta, mas nos instantes finais acertou soco de direita que pegou em cheio Sekulic, que chegou até a cambalear e quase foi nocauteado. Em seguida, Emeev fez outro bom round, mas dessa vez Sekulic cresceu um pouco mais na luta. Ele se movimentou um pouco mais, aplicou alguns chutes baixos para afastar Emeev, mas ainda assim não foi o suficiente para ele levar o round. Emeev continuou em vantagem no último round, ambos aplicaram quase o mesmo número de golpes, mas Emeev conseguiu ser mais contundente, inclusive dominando por todo o round o centro do octógono. Vitória para Ramazan Emeev por decisão unânime (29-28, 30-26, 30-27).


Pelos Médios, se enfrentaram Jordan Johnson e Adam Yandiev. Vimos um excelente primeiro round! Johnson foi totalmente dominante na luta, aplicando uma série de golpes contundentes e quase conseguindo uma finalização por estrangulamento no final do round! Yandiev passou um verdadeiro aperto! Logo no inicio do round seguinte, Johnson conseguiu aplicar uma bela finalização (por Katagatami) em Adam Yandiev, encerrando a luta.


Pelos Meio-Pesados, Magomed Ankalaev enfrentou e venceu Marcin Prachnio. Ankalaev conseguiu um belo nocaute sobre Prachnio com um chute na cabeça ainda no primeiro round.


Mairbek Taisumov e Desmond Green fizeram a próxima luta. Essa foi uma boa luta, com 3 rounds bem movimentados. Na visão dos arbitros de mesa, Taisumov levou por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27). De fato, Taisumov saiu de todos os rounds com ligeira vantagem, apenas no primeiro (na nossa visão) ele saiu em desvantagem. No round final, Taisumov garantiu o resultado da luta em seu favor. Os chutes baixos de Taisumov acabaram minando Green, que pouco conseguiu fazer nesse final de luta. Essa foi a sexta vitória consecutiva de Taisumov.Lembrando que 40% da bolsa de Taisumov foi para Desmond Green, já que ele não conseguiu bater o peso (por 3kgs!).


Na sequência se enfrentaram o russo Rustam Khabilov e o norte-americano Kajan Johnson pelos leves. Rustam Khabilov saiu vitórioso por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28) dos arbitros. Na próxima luta, o russo Petr Yan venceu o coreano Jin Soo Son por decisão unânime dos arbitros (30-27, 30-27, 29-28).


Halid Murtazaliev e CB Dolloway fizeram a última luta do card preliminar. No final do primeiro round CB Dolloway sofreu uma forte pressão de Murtazaliev no GnP. O lutador norte-americano, em posição fetal por mais de um minuto parecia já ter desistido da luta, mas o arbitro Herb Dean achou prudente esperar o round acabar. No entanto, o próprio Dolloway já sinalizava que não voltaria para a luta. Herb Dean então encerrou a luta, dando vitória a Halid Murtazaliev.


Silvio Doria


Pós-Luta / Post-Fight

Nosso objetivo é trazer a nossos leitores reportagens e análises de qualidade, além de coberturas play-by-play de eventos do mundo do MMA e do Boxe. Trabalho desenvolvido por Silvio e Flavio Doria (registro de jornalistas: MTB 0082740/SP e MTB 0080216/SP, respectivamente), ambos membros da MMA Journalists Association. 

PosLuta.com | Copyright © 2019 | Todos os direitos reservados.