UFC 270: Deiveson recupera cinturão dos moscas e Ngannou unifica o cinturão dos pesados

O primeiro card numerado do ano trouxe as duas disputas de cinturão mais aguardadas do momento. Os dois atuais campeões da divisão dos pesados, o campeão de fato, Francis Ngannou e o campeão interino Ciryl Gane entraram no octógono neste UFC para decidir de uma vez por todas quem merece ser chamado de o campeão único da divisão. Contra todas as expectativas, a luta não terminou de forma rápida por um nocaute como esperado, mas na decisão dos juizes. E o vencedor foi Ngannou, que unificou o cinturão da divisão. No co-main event, Brandon Moreno, o atual campeão dos moscas enfrentou o brasileiro Deiveson Figueiredo na terceira luta disputa de cinturão entre ambos. O brasileiro levou a melhor e, também por pontos, obteve a vitória e recuperou seu cinturão.


Card principal


Francis Ngannou vs. Ciryl Gane

Categoria: Pesado

Fazendo a luta principal do UFC 270, Francis Ngannou (17-3) unificou o título dos pesados, ao vencer Ciryl Gane (10-1) por decisão unânime (48-47, 48-47, 49-46).


Vimos um round inicial bastante equilibrado, com uma pequena vantagem para Gane por conta do volume de golpes. Ngannou desde o inicio dominou o centro do octógono, enquanto Gane tentou se movimentar a máximo para não virar um alvo fixo. Gane se saiu melhor no segundo round, mostrando mais versatilidade nos golpes. Gane pareceu bastante confiante, ficando boa parte do round com a guarda baixa e explorando chutes rodados (e altos), algo incomum para um peso pesado. Ngannou foi muito menos ativo que no round anterior. De forma surpreendente Ngannou conseguiu derrubar Gane e até tentou obter uma finalização no terceiro round, mas sem sucesso. Boa parte do round, Ngannou esteve em vantagem, seja no chão ou em pé. Novamente, no quarto round Ngannou foi melhor ao explorar o jogo de chão em uma estratégia totalmente inesperada. O round final terminou de forma inusitada, com ambos disputando posição no chão, mas foi Ngannou que mostrou melhor jogo de grappling, garantindo mais um round a seu favor.


Brandon Moreno vs. Deiveson Figueiredo

Categoria: Mosca

Em uma luta duríssima e muito apertada na pontuação, Deiveson Figueiredo (21-2-1) recuperou seu cinturão ao vencer Brandon Moreno (19-6-2) por decisão unânime (48-47 x3). Ainda no octógono, na emoção da luta, Figueiredo disse aceitar uma quarta luta entre ambos no México.

O primeiro round foi bastante equilibrado, mas com uma ligeira vantagem para Figueiredo, que conseguiu atingir poucos mas efetivos golpes. Moreno se manteve bastante ativo no segundo round, o que lhe garantiu a pontuação em nossa visão. No final do golpe, Figueiredo pareceu ficar tonto com os golpes de Moreno. No terceiro round, Moreno voltou a dominar na trocação, estava vencendo o round mas há poucos segundos do fim ele levou um poderoso golpe do brasileiro que o levou ao chão. Com certeza o knock-down virou o round em favor de Figueiredo. O quarto round foi possivelmente um dos mais equilibrados, embora Figueiredo tenha se saído ligeiramente melhor em nossa visão. Pela contagem oficial do UFC, o brasileiro mostrou um volume de golpes pouco superior. No round final, vimos uma trocação mais franca a partir do meio para o final. Figueiredo conseguiu derrubar Moreno em um golpe, mas logo na sequência também foi atingido com contundência. Nos segundos finais ambos voltaram a trocar golpes agressivamente.

Michel Pereira vs. Andre Fialho

Categoria: Meio-Médio

Em uma luta empolgante, Michel Pereira (27-11-0) venceu por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28) o português Andre Fialho (14-4-0), um duro adversário. Em entrevista no octógono, Pereira disse ter ficado surpreso com o jab de Fialho.

O round inicial foi emocionante como esperado. A todo o momento Fialho, com a guarda alta, tentou encurtar a distância e mostrando um certo sucesso. Ele chegou a acertar o brasileiro em três oportunidades. Pereira por outro lado, se movimentou o máximo possível no octogono, tentando tirar seus coelhos da cartola. No segundo round, Pereira se soltou mais, conseguindo acertas seus golpes de video game, mas por boa parte do round Fialho se mostrou muito resistente, mesmo sofrendo duros golpes no corpo. No terceiro e round final, Fialho voltou a dominar o centro do octógono, buscando encurtar a distância. Mas Pereira mostrou um maior volume de golpes, inclusive com contundência.


Cody Stamann vs. Said Nurmagomedov

Categoria: Galo

Em uma luta relâmpago, Said Nurmagomedov (15-2) finalizou Cody Stamann (19-4-1) ainda no primeiro round! Stamann começou a luta partindo para cima, mas Nurmagomedov chegou a acertar alguns bons golpes nele, mostrando versatilidade. Em um desses ataques ele deixou o pescoço venerável, sendo finalizado por Nurmagomedov.

Michael Morales vs. Trevin Giles

Categoria: Meio-Médio

Na primeira luta do card principal Michael Morales obteve uma rápida vitória sobre Trevin Giles, ao vence-lo por nocaute técnico ainda no primeiro round.

Por Silvio e Flavio Doria