UFC 268: Usman e Namajunas mantêm seus respectivos cinturões

Mais uma vez o templo sagrado do esporte, o Madison Square Garden, de Nova Iorque, Estados Unidos, recebeu um card estelar.


Após tanto trash talk, Kamaru Usman (20-1-0) e Colby Covington (16-3-0) puseram um fim à rivalidade entre ambos. No octógono, Usman levou a melhor, ao vencer Covington por decisão unânime (48–47, 48–47, 49–46), mantendo seu cinturão dos meio-médios.


Na luta anterior, por decisão dividida, Rose Namajunas (12-4-0) venceu Zhang Weili (21-3-0) e manteve o cinturão dos palha. Após essa luta, Namajunas acumula 9 vitórias na divisão palha, o segundo maior número em toda a história da divisão, atrás apenas de Joanna Jedrzejczyk, com 10 vitórias.


Além de duas disputas de cinturão, o card principal foi iniciado com uma das lutas empolgantes do ano (premiada como luta da noite), entre Justin Gaethje e Michael Chandler. O card preliminar por sua vez, contou com quatro ótimas lutas, todas encerradas por nocaute. O destaque foi a principal luta do card principal, do brasileiro Alex "Poatan" Pereira contra Andreas Michailidis. Em sua estreia na organização Poatan acertou uma joelhada voadora mortal no adversário, levando-o a nocaute no inicio do segundo round.


Ganharam bônus de performance (de US$50k): Marlon Vera, Alex Pereira, Bobby Green e Chris Barnett


Card principal

Kamaru Usman vs. Colby Covington

Categoria: Meio-Médio

Após tanto trash talk, Kamaru Usman (20-1-0) e Colby Covington (16-3-0) puseram um fim à rivalidade entre ambos. No octógono, Usman levou a melhor, ao vencer Covington por decisão unânime (48–47, 48–47, 49–46), mantendo seu cinturão dos meio-médios.


O round inicial foi bastante parelho e de difícil pontuação. Ambos se movimentaram bastante, trocaram alguns golpes e tiveram seus momentos no chão… Segundo as instruções de seu corner, Covington foi mais comedido no segundo round, uma estratégia que ele não adotou na luta anterior. Mas no final do round, Usman quase o nocauteou, garantindo o round a seu favor. Usman continuou melhor no terceiro round. Apenas nos segundos finais, Covington partiu para cima mais agressivamente, mas nada que pudesse mudar o resultado do round. Nos dois rounds finais, Covington também ficou para trás na luta, embora ele tenha melhorado em relação aos rounds anteriores, chegando a trocar de igual para igual com Usman.


Rose Namajunas vs. Zhang Weili

Categoria: Palha (Feminino)

Por decisão dividida, Rose Namajunas (12-4-0) venceu Zhang Weili (21-3-0) e manteve o cinturão dos palha. Após essa luta, Namajunas acumula 9 vitórias na divisão palha, o segundo maior número em toda a história da divisão, atrás apenas de Joanna Jedrzejczyk, com 10 vitórias.


O round inicial foi bastante equilibrado, mas Weili se saiu ligeiramente melhor na nossa visão. No chão foi claramente melhor, mais dominante, mas em pé houve mais equilíbrio. O segundo round, assim como o primeiro foi bastante parelho. Nos poucos momentos em que ambas partiram para a trocação, vimos um pouco mais de intensidade nos golpes. Weili chegou a acertar um poderoso contra-golpe em Namajunas, que a fez cambalear, no melhor momento da chinesa no round. Namajunas conseguiu controlar melhor a distância no terceiro round, o que dificultou Weili a acerta-la com seus golpes, devido a sua menor envergadura. Mas no final do round, Weili foi superior no chão. Se tivesse mais tempo, certamente ela traria dificuldade para Namajunas no chão. O quarto round foi o mais equilibrado, porém vimos uma ligeira vantagem para Namajunas. Apesar da pouca contundência, ele conseguiu dominar a chinesa no chão. No round final, novamente Namajunas foi superior. Logo no inicio do round ela conseguiu derrubar Weili e permaneceu por todo o restante do round tentando passar a guardar e ser contundente não chão, mas sem grande sucesso. Inexperiente no chão, Weili pouco teve o que fazer.

Frankie Edgar vs. Marlon Vera

Categoria: Galo

Em uma luta apertada, quase indo para decisão dos árbitros, Marlon Vera (18–7-1) conseguiu nocautear Frankie Edgar (24–10-1) no final do terceiro round.


Edgar se saiu melhor no round inicial, impondo um ritmo mais intenso sobre Vera, não dando espaço para ele desenvolver seu jogo. No segundo round, embora Vera tenha se saído melhor novamente, foi um round mais equilibrado. Em seu melhor momento, Vera acertou boas pedaladas em Edgar no chão. Outro bom momento de Vera foi uma joelhada voadora próximo do fim do round. O round final estava bastante equilibrado (o mais apertado da luta), até que nos minutos finais Vera acertou um poderoso chute frontal em Edgar, levando-o ao nocaute. Edgar até tentou argumentar, mas mal conseguiu ficar de pé.


Shane Burgos vs. Billy Quarantillo

Categoria: Pena


Em outra luta intensa, Shane Burgos (14-3-0) venceu Billy Quarantillo (16-4-0) por decisão (29-28, 29-28, 29-28).


Apesar do round equilibrado, foi Quarantillo que levou a melhor. Mais ativo, Quarantillo apresentou um maior volume de golpes, inclusive golpes contundentes. O segundo round foi mais equilibrado que o anterior. Ambos os lutadores foram bastante ativos. Dessa vez porém, foi Burgos que levou a melhor. Quarantillo demonstrou estar bastante cansado e desgastado pelos golpes de Burgos, sobretudo em sua perna. Com a panturrilha já marcada, Quarantillo em alguns momentos chegou a mostrar dificuldade em se apoiar em pé.


Justin Gaethje vs. Michael Chandler

Categoria: Leve

Em uma luta espetacular, Justin Gaethje (23-3-0) venceu Michael Chandler (22–7-0) por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27) após uma verdadeira batalha de três rounds.


O round inicial foi empolgante! Ambos exploraram bastante os chutes na altura das pernas. Na trocação foi Chandler que levou a melhor, com diretos e cruzados entrando limpo. Em alguns momentos pareceu que Gaethje seria nocauteado. Apesar de melhor na trocação, foi Chandler que saiu com mais danos, com um corte profundo no supercilio. Gaethje dominou no segundo round. Mais cansado, Chandler chegou a quase ser nocauteado, ao levar um cruzado de Gaethje. Mike Beltran, o árbitro, este muito próximo de encerrar a luta. O round final foi bastante parelho. Chandler se expõe bastante ao ficar com a guarda baixa e deixar Gaethje golpea-lo

Por Silvio e Flavio Doria