UFC 264: McGregor quebra o tornozelo e perde disputa de cinturão

Em um evento para entrar para a história, Conor McGregor perdeu para Dustin Poirier de um jeito inesperado. Ainda no primeiro round, McGregor quebrou o tornozelo de forma semelhante à lesão sofrida por Anderson Silva e Chris Weidman. Na segunda principal luta da noite, em uma "luta de xadrez" o brasileiro Gilbert Burns, o Durinho, venceu Stephan Thompson por decisão unânime (29-28x3).


Dustin Poirier vs. Conor McGregor

Categoria: Leve

Em uma luta para entrar para história, Conor McGregor (22-6-0) quebrou o tornozelo em uma cena parecida com Anderson Silva, o que levou a vitória à Dustin Poirier (28-6-0), que manteve seu cinturão dos leves.

Conor começou bem o round inicial. Em seu melhor momento, ele quase encaixou uma guilhotina em Poirier. Após perder a chance de finaliza-lo, Conor ainda conseguiu uma boa sequência de cotoveladas. No minuto final, Conor foi bastante pressionado no chão. Quando levantou, algo incrível aconteceu.


Gilbert Burns vs. Stephen Thompson

Categoria: Meio-Médio

Em uma luta de três rounds completos, Gilbert Burns (20-4-0) venceu Stephen Thompson (16-5-1) por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28).

Fugindo do combate corpo a corpo, Durinho tentou levar a luta para o chão, tendo sucesso apenas no final do round. No chão, Durinho fez um bom trabalho dominando Thompson, e pontuando em alguns momentos. O segundo round foi bastante parecido com o anterior, com pouco ataque de ambos os lados. Thompson não parecia ter pressa em contra-atacar, e por outro lado, Durinho também arriscou pouco, buscando o jogo de chão apenas no final do round assim como no primeiro round. No começo do round final até houve uma trocação mais franca entre os dois, com Thompson levando a melhor (por conta de um chute alto). Porém, Durinho levou a luta para o chão onde manteve sua vantagem. Não foi uma luta bonita de se ver, mas Durinho foi esperto em fugir da trocação.


Tai Tuivasa vs. Greg Hardy

Categoria: Pesado

Em uma luta relâmpago, Tai Tuivasa (12-3-0) nocauteou Greg Hardy (7-4-0) ainda no primeiro round. Tuivasa estava bem na luta, acertando poderosos chutes em Hardy. Até que, após ser atingido por um duro golpe Tuivasa contra-atacou ainda cambaleando e nocauteou Hardy em um golpe de sorte!


Irene Aldana vs. Yana Kunitskaya

Categoria: Galo (Feminino)

Em uma luta de apenas um round, Irene Aldana (13-6-0) venceu Yana Kunitskaya (14-6-0) por nocaute técnico.


Kunitskaya começou o round inicial bastante agressiva, com boas sequências de golpes e partindo para cima de forma intensa. No entanto, Aldana foi mais efetiva. Com poucos golpes, porém contundentes, Aldana se saiu melhor no round, conseguindo até um knock-down. Nos minutos finais, após derrubar Kunitskaya, Aldana impôs uma série de golpes contundentes que levaram ao fim da luta por nocaute técnico.


Sean O’Malley vs. Kris Moutinho

Categoria: Galo

Em uma luta polêmica, Herb Dean encerrou a luta no terceiro round após um castigo sofrido por Moutinho, dando a luta para Sean O’Malley (14-1-0) por nocaute técnico.


O’Malley pareceu muito confiante logo no início da luta, chegando até fingir que estava jogando basquete. Com uma maior envergadura e acurácia nos golpes, O’Malley deu uma aula no primeiro round. Sem uma esquiva apurada, Moutinho foi um alvo fácil. Moutinho continuou sendo um alvo fácil para O’Malley no segundo round. Impressionante a quantidade de golpes que ele levou no rosto, e sem esboçar reação. No round final, os danos no rosto de Moutinho ficaram mais evidentes. Mesmo assim, o luso-americano continuou partindo para cima, de forma incansável. No final do round, Hard Dean decidiu encerrar a luta, tamanho o castigo sofrido por Moutinho.


Por Silvio e Flavio Doria