UFC 258: Durinho é nocauteado e Usman mantém consigo o cinturão dos meio-médios

Infelizmente não deu para Durinho. Gilbert Burns, o Durinho, foi derrotado pelo atual campeão dos meio-médios, Kamaru Usman por nocaute técnico no terceiro round. Apesar do resultado, engana-se quem acha que o brasileiro foi dominado, como os últimos adversários de Usman. Com uma trocação afiada, Durinho chegou ter bons momentos na luta, sobretudo no primeiro round. Porém, a partir do momento em que Usman também começou a soltar a mão, ele foi minando Durinho, culminando com o nocaute técnico no inicio do terceiro round. Com a vitória, Usman já entrou na lista dos cinco atletas do meio-médio com mais defesas bem sucedidas de cinturão (4, atrás apenas de Georges St-Pierre com 12, Matt Hughes com 9 e Pat Miletich com 5.


Entre os brasileiros, apenas Polyana Viana saiu vitoriosa. No card preliminar, a brasileira venceu ainda no primeiro round, por finalização, Mallory Martin, pela divisão palha do feminino. Vale menção também a derrota do brasileiro Rodolfo Vieira, por finalização no segundo round. O brasileiro é um dos maiores nomes do jiu-jitsu brasileiro de todos os tempos. Porém o cansaço e os golpes excessivos na cabeça fizeram dele preza fácil para Anthony Hernandez, que justamente, recebeu o bônus de performance, por conta da finalização. Também receberão bônus de performance da noite: Julian Marquez, Kamaru Usman e Polyana Viana.


Card Principal


Kamaru Usman vs. Gilbert Burns

Peso-meio-médio

Kamaru Usman vence Gilbert Burns por nocaute técnico no 3R
Kamaru Usman vence Gilbert Burns por nocaute técnico no 3R

Em uma luta sensacional, Kamaru Usman (18-1-0) venceu Gilbert Burns (19-4-0) por nocaute técnico no terceiro round, mantendo portanto seu cinturão dos meio-médios.

Ainda no octógono, após ser nocauteado, Durinho ficou bastante comovido, chegou a chorar bastante. Foi uma pena, uma vitória poderia ter coroado uma sequência avassaladora do brasileiro e de seu time, que fizeram um excelente trabalho. Porém, não podemos deixar descartar o desempenho de Usman, consistente em todos os rounds, como sempre, mostrando excelente jogo em pé e no chão.

Durinho fez um excelente primeiro round. O brasileiro conseguiu conectar bons golpes em pé, um deles levando Usman a um flash down! Usman levou o segundo round. Durinho estava melhor, porém Usman acertou diversos bons golpes no brasileiro, um deles levando-o ao chão. Em certos momentos, Durinho pareceu bastante atordoado com os golpes. Ainda no inicio do terceiro round, Usman conseguiu derrotar Durinho com uma sequência de golpes contundentes.


Maycee Barber vs. Alexa Grasso

Categoria: Peso-mosca

Alexa Grasso vence Maycee Barber por venceu por decisão unânime 29-28, 29-28, 29-28)
Alexa Grasso vence Maycee Barber por venceu por decisão unânime 29-28, 29-28, 29-28)

Em uma luta dura, bastante parelha, Alexa Grasso (13-3-0) venceu por pontos (decisão unânime, com pontuação de 29-28, 29-28, 29-28) Maycee Barber (8-2-0).


O primeiro round foi bastante equilibrado, mas com uma ligeira vantagem para Grasso por ter conseguido conectar os melhores golpes. Poucos, mas precisos. O segundo round foi igualmente equilibrado. Barber dessa vez foi melhor na trocação, porém no minuto final, quando luta foi para o chão foi Grasso que levou a melhor. Inicialmente, o ritmo da round estava parecido com os anteriores, parelho, com ligeira vantagem para Grasso, até que Baber começou a pressiona-la mais agressivamente e virou o round a seu favor.


Kelvin Gastelum vs. Ian Heinisch

Categoria: Peso-médio

Kelvin Gastelum vence Ian Heinisch por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)
Kelvin Gastelum vence Ian Heinisch por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)

Após três derrotas consecutivas em seu cartel, finalmente voltou a vencer. Por pontos, em uma atuação bastante convincente, Kelvin Gastelum (16-6-0) superou Ian Heinisch (14-4-0), por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28).

Heinisch se saiu melhor no primeiro round em nossa visão, quase pegando Gastelum em duas Kimura, mas sem sucesso. O segundo round foi mais equilibrado, com uma ligeira vantagem para Gastelum, que permaneceu mais ativo durante o round, embora não tenha trazido perigo à Heinisch. Gastelum continuou dominante no round final, garantindo a pontuação da luta à seu favor.


Brian Kelleher vs. Ricky Simon

Categoria: Pena

Ricky Simon vence Brian Kelleher por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Ricky Simon vence Brian Kelleher por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)

Na segunda luta do card principal, Ricky Simon venceu por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27), Brian Kelleher.

Simon começou o round bastante ativo. Em um certo momento chegou a cortar a região próxima do olho de Kelleher, com uma cotovelada. O corte claramente incomodou muito Kellher que foi pressionado no chão por todo o round. No segundo round, Kelleher conseguiu acertar dois bons chutes frontais no rosto de Simon. Mas foi Simon que dominou o round em nossa visão. Ele continuou bastante ativo, indo para cima, pressionando Kelleher por todo o momento no round. No round final, mesmo com a luta “garantida” na pontuação, Simon continuou pressionando Kelleher, até se arriscando em alguns momentos. Kelleher não teve espaço para nada, sendo novamente dominado.


Maki Pitolo vs. Julian Marquez

Categoria: Peso-médio

Julian Marquez vence Maki Pitolo no 3R por finalização
Julian Marquez vence Maki Pitolo no 3R por finalização

De virada, Julian Marquez (8-2-0) venceu Maki Pitolo (13-8-0) por finalização no round final. Pitolo começou o primeiro round bastante agressivo partindo para a trocação. Logo depois, Pitolo o derrubou, pressionando-o também no chão por mais da metade do round inicial. O segundo round foi cheio de reviravoltas. Marquez voltou melhor na trocação, mas o wrestler de Pitolo se sobressaiu e ele voltou a dominar o round, como no anterior. Porém, por um momento no round Marquez quase conseguiu finalizá-lo, mas sem sucesso. No round final, Marquez recebeu a ordem de ir para cima e buscar um nocaute e de fato, ele tentou, foi para cima, pressionou Pitolo de todo jeito possível, na trocação e finalização, conseguindo apenas nos minutos finais! De virada e no último round!


Por: Silvio & Flávio Dória