UFC 257: McGregor é nocauteado; Surge uma nova estrela no UFC

Com lutas sensacionais, o UFC 257 se encerrou com sentimentos opostos. Na luta principal, vimos o maior nome do UFC hoje (em termos de popularidade), Conor McGregor ser nocauteado (nocaute técnico) para Dustin Poirier. Foi um resultado merecido. Apesar de ter sido dominado no primeiro round, Poirier foi minando as pernas de McGregor pouco a pouco, tirando-lhe a mobilidade. Depois de encurrala-lo na grande, Poirier precisou apenas de uma sequência de golpes contundentes, que levaram McGregor ao chão. McGregor ainda deve continuar em atividade na organização, mas em nossa visão essa derrota tira um pouco do legado de McGregor, ainda mais na divisão dos leves, repleta de bons nomes. Um deles inclusive, chegou pela porta da frente.


Michael Chandler (22-5-0) de forma impressionante nocauteou Dan Hooker (20-10-0) ainda no primeiro round! Chandler começou impondo seu ritmo, dominando o centro do octógono tentando encurralar Hooker até que, de forma explosiva, partiu para cima de Hooker com um body shot seguido de um soco em cheio no queixo de Hooker. Havia uma expectativa grande para essa estreia de Michael Chandler no UFC. Dominante por muito tempo na divisão dos leves do Bellator, muito se especulava se Chandler era mesmo o maior da divisão dos leves no MMA, mas sua ausência no UFC sempre era um ponto a ser questionado. Não mais. Chandler venceu e de forma contundente, entrando na divisão dos leves pela porta da frente e já furando uma enorme fila. Ainda no octógono, Chandler desafiou McGregor, Poirier e até Khabib.


Outro destaque da noite foi a brasileira Marina Rodriguez. Abrindo o card principal com uma luta sensacional, Marina venceu a compatriota Amanda Ribas por nocaute técnico no segundo round de forma contundente e polêmica. Foram dois nocautes já que Herb Dean, no primeiro, pareceu encerrar a luta mas aparentemente desistiu da ideia e deixou a luta seguir. Marina precisou de outra sequência de golpes contundentes para, mais uma vez, nocautear Amanda.


Card Principal


Dustin Poirier vs. Conor McGregor

Categoria: Peso-leve

Dustin Poirier vence Conor McGregor por nocaute técnico no 2R

Em uma luta empolgante e com uma reviravolta, Dustin Poirier (27-6-1) venceu Conor McGregor (22-5-0) por nocaute técnico no segundo round.


McGregor começou a luta bastante agressivo, partindo para cima. Em boa parte do round, McGregor esteve pressionando Poirier na grade. Do meio para o final do round, McGregor mostrou boa trocação, acertando bons golpes em Poirier. Porém, não segundo round, a luta tomou outro rumo. McGregor estava melhor na trocação, conseguindo bons golpes, quase dominante, porém no final do round Poirier conseguiu encurralar McGregor e impor uma sequência de golpes que levaram McGregor ao chão.


Em entrevista ainda no octógono, McGregor disse que os chutes baixos (na altura das pernas) Poirier o minaram, e deram espaço para Poirier ataca-lo. Por outro lado, Poirier disse que deve conceder a McGregor uma revanche, uma vez que ele já havia sido derrotado poor ele no passado.


Dan Hooker vs. Michael Chandler

Categoria: Peso-leve

Michael Chandler vence Dan Hooker por nocaute técnico no 1R

Michael Chandler (22-5-0) de forma impressionante nocauteou Dan Hooker (20-10-0) ainda no primeiro round! Chandler começou impondo seu ritmo, dominando o centro do octógono tentando encurralar Hooker até que, de forma explosiva, partiu para cima de Hooker com um body shot seguido de um soco em cheio no queixo de Hooker.


Havia uma expectativa grande para essa estreia de Michael Chandler no UFC. Dominante por muito tempo na divisão dos leves do Bellator, muito se especulava se Chandler era mesmo o maior da divisão dos leves no MMA, mas sua ausência no UFC sempre era um ponto a ser questionado. Não mais. Chandler venceu e de forma contundente, entrando na divisão dos leves pela porta da frente e já furando uma enorme fila. Ainda no octógono, Chandler desafiou McGregor, Poirier e até Khabib.


Jessica Eye vs. Joanne Calderwood

Categoria: Peso-mosca

Joanne Calderwood venceu Jessica Eye por decisão unânime (30-27, 30-27. 29-28)

Em uma luta equilibrada, Joanne Calderwood (15-5-0) venceu Jessica Eye (15–91) por decisão unânime (30-27, 30-27. 29-28).


O primeiro round foi muito bom, bastante movimentado. Eye fez um bom trabalho ao manter Calderwood pressionanda na grade. Na trocação, Calderwood nos pareceu superior, mostrando mais versatilidade, alternando socos, chutes e até joelhadas. No segundo round, apesar de Eye dominar o centro do octógono e mostrar um maior volume de golpes desferidos, vimos vantagem para Calderwood, que conseguiu conectar golpes mais contundentes. No round final, sem muita efetividade, Eye permaneceu boa parte do tempo pressionando Calderwood na grade. Quando a luta voltou para o centro do octógono, Calderwood continuou melhor na trocação, mostrando maior versatilidade nos golpes e contundência.


Andrew Sanchez vs. Makhmud Muradov

Categoria: Peso-médio


Em outro nocaute técnico, Makhmud Muradov (25-6-0) venceu Andrew Sanchez (13-6-0) no terceiro round.


O primeiro round foi bastante movimentado. Vimos uma ligeira vantagem para Muradov, devido ao maior volume de golpes desferidos, inclusive golpes contundentes. Chamou atenção o fato de Sanchez permanecer boa parte do round trocando com a guarda baixa. O round seguinte foi bem parecido com o anterior. Novamente, vimos ligeira vantagem para Muradov. Ambos passaram o round trocando golpes em pé sem se importar com a guarda. Enfim, no round final, os poderosos golpes de Muradov (e a guarda baixa de Sanchez) deram resultado. Ele conseguiu acertar um bom golpe em Sanchez deixando-oo artodoado. Na sequência, uma série de golpes contundentes levaram Jason Herzog a por fim a luta pode Nocaute Técnico.


Marina Rodriguez vs. Amanda Ribas

Categoria: Peso-palha


Abrindo o card principal com uma luta sensacional, Marina Rodriguez (13-1-2) venceu Amanda Ribas (10-2-0) por nocaute técnico no segundo round.

Amanda Ribas se saiu melhor não primeiro round, impondo seu jogo de chão sobre Marina Rodriguez. Em dois momentos, Amanda explorou uma tentativa de finalização via cervical, pressionando o pescoço de Marina para dentro da guarda, mas Marina resistiu bem. No segundo round, Marina Rodriguez partiu para a trocação em pé e se deu bem! Ela conseguiu derrubar Amanda com um soco no queixo. Afoito, Herb Dean quase entrou no meio separando a luta o que fez Marina achar que havia acabado a luta. Por sorte, ela conseguiu acertar Amanda novamente, levando ao fim a luta por nocaute técnico.


Por: Silvio & Flavio Dória

Pós-Luta / Post-Fight

Nosso objetivo é trazer a nossos leitores reportagens e análises de qualidade, além de coberturas play-by-play de eventos do mundo do MMA e do Boxe. Trabalho desenvolvido por Silvio e Flavio Doria (registro de jornalistas: MTB 0082740/SP e MTB 0080216/SP, respectivamente), ambos membros da MMA Journalists Association. 

PosLuta.com | Copyright © 2019 | Todos os direitos reservados.