UFC 242: Khabib mostra dominância e mantém o cinturão dos leves

O UFC 242 em Abu Dhabi foi incrível. Na principal luta da noite, valendo o cinturão dos leves, Khabib Nurmagomedov mostrou por que é hoje o maior nome do UFC, e que deverá dominar, por muito tempo, sua divisão. Durante a luta contra Dustin Poirier (o campeão interino), Khabib foi dominante do começo ao fim, mas surpreendeu o fato de em dois momentos, no início do segundo e terceiro round, Khabib ficou sob (muita) pressão. Porém no terceiro round, Khabib conseguiu finalizar Poirier. Na segunda principal luta da noite, Paul Felder “The Irish Dragon” (17-4-0) superou Edson Barboza (20-8-0) por decisão dividida dos árbitros (27-30, 29-28, 30-27).


Card principal


Khabib Nurmagomedov vs. Dustin Poirier

Categoria: Leve


Na principal luta da noite, valendo o cinturão dos leves, Khabib Nurmagomedov (28-0-0) venceu Dustin Poirier (25-6-0) em uma luta incrível. Khabib foi dominante do começo ao fim, mas surpreendeu o fato de em dois momentos, no início do segundo e terceiro round, Khabib ficou sob (muita) pressão.


Poirier sobreviveu ao primeiro round. Khabib foi totalmente dominante no round, quase finalizando-o em pelo menos duas oportunidades. Poirier não conseguiu em momento algum atacar Khabib. Poirier surpreendeu no início do segundo round, desferindo uma série de bons golpes em Khabib. Khabib inclusive chegou a recuar e aparentar ter sentido os golpes, mas no meio do round ele conseguiu derrubar o norte-americano voltando para sua zona de conforto. Khabib começou sob pressão novamente. Poirier conseguiu derrubar Khabib e pega-lo em um estrangulamento, que por muito pouco não levou o fim da luta. Na sequência, Khabib se recuperou e assumiu as costas do americano, finalizando-o.


Edson Barboza vs. Paul Felder “The Irish Dragon”

Categoria: Leve


Em uma luta bastante aguardada, Paul Felder “The Irish Dragon” (17-4-0) superou Edson Barboza (20-8-0) por decisão dividida dos árbitros (27-30, 29-28, 30-27).


O round inicial foi bem parelho, com quase o mesmo número de golpes de ambos os lutadores. Barboza no entanto foi mais contundente, desferindo poderosos chutes em Felder. O corte no rosto do irlandês foi resultado de um choque de cabeças involuntário. O segundo round foi ainda mais intenso. Felder conseguiu crescer na luta. Barboza sofreu diversos golpes contundentes, deixando os danos visíveis em seu rosto. Felder foi mais combativo também no round final, partindo mais para cima.


Ao final, os árbitros deram vitória para Paul Felder “The Irish Dragon” por decisão dividida (27-30, 29-28, 30-27).


Islam Makhachev vs. Davi Ramos

Categoria: Leve


Em uma luta de três rounds, Islam Makhachev (18-1-0) dominou o brasileiro Davi Ramos (10-3-0), vencendo-o por decisão unânime (30-27, 30-26, 30-26).


O primeiro round foi de bastante parelho, mas com uma ligeira vantagem para Islam Makhachev, que desferiu mais golpes durante o round, ainda que pouco contundentes. Makhachev continuou melhor no segundo round, com uma estratégia bem sucedida de jogar no contra-golpe do brasileiro. Alguns golpes chegaram a cortar o rosto de Davi. Surpreendeu o fato de ambos não terem explorado o jogo de grappling, trocando golpes em pé em todos os round. O terceiro round começou intenso, Makhachev partiu para cima do brasileiro, quase levando-o a nocaute. Davi se recuperou bem dos golpes, mas foi dominado pelo jogo de ground-and-pound de Makhachev.


Curtis Blaydes “Razor” vs. Shamil Abdurakhimov

Categoria: Pesado


Em outra boa luta, Curtis Blaydes “Razor” (12-2-0) venceu por nocaute técnico, e de forma incontestável, Shamil Abdurakhimov (20-5-0).


Blaydes iniciou o round já colocando para baixo Abdurakhimov. Essa foi a estratégia do

americano por todo o round, evitando uma trocação em pé. Nos minutos finais, Balydes terminou o round de forma contundente, montando e desferindo diversos golpes. Blaydes continuou com a estratégia, forçando a luta no chão e com sucesso. Uma vez sobre Abdurakhimov, Blaydes continuou desferindo golpes contundentes o que levou o fim da luta. Marc Goddard decidiu encerrar a luta, dando vitória ao norte-americano por nocaute técnico.


Número quarto do ranking dos pesados, Blaydes, com essa vitória, abre espaço para uma provável luta por cinturão.


Mairbek Taisumov “Beckan” vs. Carlos Diego Ferreira

Categoria: Leve


Na primeira luta do card principal, Carlos Diego Ferreira (16-2-0) venceu de forma incontestável o russo Mairbek Taisumov “Beckan” (27-6-0) por decisão unânime (29-28, 29-27, 29-27). Diego Ferreira passou todo o primeiro round pressionando Taisumov, sempre indo para cima, mas o melhor momento da luta foi do russo, que acertou um soco na parte de cima da cabeça do brasileiro, fazendo-o balançar. Diego Ferreira manteve a estratégia de pressionar Taisumov, porém dessa vez de forma mais agressivo, desferindo mais golpes. Ferreira foi melhor também no round final, mantendo um ritmo forte, dominando o centro do octógono e ao mesmo tempo, abafando o jogo de Taisumov. O maior volume de jogo (socos no rosto) do brasileiro foi visível no nariz do russo no fim da luta.


Card Preliminar


O card preliminar trouxe boas surpresas. Na principal luta, Joanne Calderwood conseguiu uma boa vitória sobre Andrea Lee por pontos. Foi uma importante vitória para a inglesa por interromper uma sequência de 7 vitórias consecutivas de Lee no MMA (ela estava invicta pelo UFC). Lee é inclusive uma das promessas da divisão mosca-feminino. Outra luta de destaque foi entre Ottman Azaitar e Teemu Packalen. Ainda no primeiro round, Azaitar acertou com soco certeiro na região lateral da cabeça de Packalen levando-o a nocaute imediato.


Por Flavio Doria

Pós-Luta / Post-Fight

Nosso objetivo é trazer a nossos leitores reportagens e análises de qualidade, além de coberturas play-by-play de eventos do mundo do MMA e do Boxe. Trabalho desenvolvido por Silvio e Flavio Doria (registro de jornalistas: MTB 0082740/SP e MTB 0080216/SP, respectivamente), ambos membros da MMA Journalists Association. 

PosLuta.com | Copyright © 2019 | Todos os direitos reservados.