UFC 238: Mais um champ-champ

O UFC 238 nos proporcionou tantos destaques que fica até difícil enumera-los. Na luta principal da noite, Henry Cejudo venceu Marlon Moraes e conquistou o cinturão galo. Com a vitória, Cejudo acumula ainda o cinturão dos moscas, entrando para uma restrita lista de lutadores a conquistarem dois cinturões no UFC (Randy Couture, BJ Penn, Conor McGregor, GSP, Daniel Cormier, Amanda Nunes e agora Henry Cejudo) e uma ainda mais restrita lista, de atletas do UFC a conquistarem dois cinturões simultaneamente (Daniel Cormier, Conor McGregor e Amanda Nunes).


Na segunda luta da noite, Valentina Shevchenko venceu via nocaute Jessica Eye e manteve o cinturão dos moscas da divisão feminina. Foi uma vitória contundente e mostrou que Valentina está muito a frente de qualquer rival de sua divisão.


Em uma luta polêmica, Tony Ferguson venceu Donald Cerrone por nocaute técnico no 2R. Cerrone sofreu um inchaço no olho direito que o impossibilitou de continuar na luta.

No card preliminar duas lutas importantes aconteceram. Tatiana Suarez venceu Nina Ansaroff e se credenciou para disputar o cinturão dos palhas, pertencente hoje a Jessica Andrade. Uma lutas antes, Aljamain Sterling venceu o brasileiro Pedro Munhoz e também ficou próximo de uma disputa de cinturão dos galos.


Outro destaque foi a quantidade de lutas femininas nesse card (5 no total), um recorde na organização.


Card Principal


Henry Cejudo vs. Marlon Moraes

Categoria: Galo

Henry Cejudo venceu Marlon Moraes por nocaute técnico no 3R

Na principal luta da noite, Henry Cejudo (15-2-0) venceu Marlon Moraes (22-6-1) e conquistou o cinturão galo. Com a vitória, Cejudo acumula ainda o cinturão dos moscas, entrando para uma restrita lista de lutadores a conquistarem dois cinturões no UFC (Randy Couture, BJ Penn, Conor McGregor, GSP, Daniel Cormier, Amanda Nunes e agora Henry Cejudo) e uma ainda mais restrita lista, de altetas do UFC a conquistarem dois cinturões simultãneamente (Daniel Cormier, Conor McGregor e Amanda Nunes).


No primeiro round, Marlon Moraes foi melhor, no entanto no segundo e terceiro round não deu pra ninguém. Cejudo foi muito superior, culminando com uma vitória por nocaute técnico no final do terceiro round.


Valentina Shevchenko vs. Jessica Eye

Categoria: Mosca (feminino)

Valentina Shevchenko nocauteia Jessica Eye no 2R

Em uma luta com desfecho incrível, Valentina Shevchenko (17-3-0) venceu Jessica Eye (14-7-0) e manteve o cinturão dos moscas da divisão feminina.


Eye foi completamente anulada no primeiro round. Valentina derrubou Eye logo no inicio da luta e permaneceu no chão, travando a adversária, tentando ajustar a posição para uma finalização. Nos segundos iniciais do segundo round, Valentina encerrou a luta com um nocaute brutal! Valentina acertou um chute certeiro no rosto de Eye, levando-a a nocaute imediato.


Tony Ferguson vs. Donald Cerrone

Categoria: Leve

Tony Ferguson vence Donald Cerrone por nocaute técnico no 2R

Em uma luta polêmica, Tony Ferguson (25-3-0) venceu Donald Cerrone (36-12-0) por nocaute técnico no segundo round. No primeiro round vimos uma trocação franca entre os dois, com uma ligeira vantagem para Donald Cerrone. No segundo round, os golpes de Tony Ferguson começaram a entrar mais. Ferguson claramente saiu vencedor do round, empatando a luta.


No entanto, segundos após soar o gongo, Ferguson acertou um jab em cheio no rosto de Cerrone, o que levou o arbitro a dar uma chamada logo na sequência. Em seguida a polêmica, Cerrone ao voltar do corner assoou o nariz machucado, levando a um sangramento na região do olho (algo comum quando o nariz esta quebrado). Impossibilitado de enxergar do olho direito, o arbitro teve que encerrar a luta por nocaute técnico de Ferguson.


Jimmie Rivera vs. Petr Yan

Categoria: Galo

Petr Yan vence por decisão Jimmie Rivera

Em uma luta empolgante, Petr Yan (13-1-0) venceu Jimmie Rivera (22-4-0) por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27). A luta foi bastante parelha, com o russo ganhando os dois primeiros rounds nos segundos finais.


O primeiro round estava bastante parelho, até que nos segundos Petr Yan acertou um golpe certeiro, levando Jimmie Rivera ao chão! No segundo round, mais uma vez, a luta estava bastante apertada, até que.o russo acertou uma bela joelhada no rosto de Jimmie Rivera. Pouco depois, mais uma vez Yan acertou Rivera com um poderoso golpe, levando-o ao chão. O terceiro round foi o mais parelho, com ambos partindo para cima e se movimentando bastante.


Tai Tuivasa vs. Blagoy Ivanov (vencedor; decisão unânime)

Categoria: Pesado

Blagoy Ivanov vence Tai Tuivasa por decisão

Na primeira luta do card principal, Blagoy Ivanov (18-2-0) venceu o jovem Tai Tuivasa (8-2-0) por decisão unânime (29-28, 30-27, 30-27). Blagoy Ivanov começou a luta na frente ao aplicar um knock-down sobre Tuivasa ainda no inicio do primeiro round. No finzinho do round, Ivanov também acertou um bom golpe no rosto de Tuivasa, mas sem leva-lo ao chão dessa vez. O segundo round foi mais parelho, com ambos trocando trocando poderosos golpes. A luta se manteve no clinch em boa parte do último round, com poucos momentos de trocação. Mais cansado, Tuivasa pouco conseguiu fazer no round final .


Card Preliminar


Na primeira luta da noite, Katlyn Chookagian (14-3-0) venceu sem margem para dúvidas, Joanne Calderwood (11-3-0). O primeiro round foi bem parelho. Calderwood apresentou um maior volume de jogo, apostando nos chutes baixos. Por outro lado, Chookagian atacou pouco, mas com mais efetividade. No round seguinte, novamente vimos uma ligeira vantagem para Chookagian. Calderwood começou melhor, durrubando Chookagian. Porém, quando a luta permaneceu em pé, Chookagian foi melhor. No round final, Chookagian continuou melhor na luta em pé. Talvez tenha sido um erro estratégico de Calderwood focar na luta em pé, contra uma adversária tão sólida no boxe. Calderwood podia ter feito juz a sua faixa marron de jiu-jitsu. Ao final, os arbitros deram decisão unânime para Katlyn Chookagian.


Na sequência, Darren Stewart (10-4-0) venceu Bevon Lewis (6-2-0) por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27) em uma luta pouco empolgante.


Em mais uma luta feminina da noite, a chinesa Xiaonan Yan (11-1-0) venceu por pontos a norte-americana Angela Hill (9-7-0), em uma luta sem surpresas. Nesse primeiro round, Xiaonan Yan foi melhor. A chinesa mostrou mais contundência nos golpes (soco e chão) e mais agilidade e agressiva. Apenas sofreu uma pressão no chão (especialmente no final do round), no melhor momento de Angela Hill. O segundo round estava mais parelho até que no final Yan impôs golpes mais contundentes em Hill, especialmente um chute alto. Por outro lado, Hill já começou a demostrar mais cansaço, ao contrário da chinesa que esteve bastante ativa nos dois rounds. O terceiro round transcorreu da mesma forma que os anteriores, com uma luta franca entre as duas. Houve bastante trocação, com uma ligeira vantagem para a chinesa que mostrou um maior volume de golpes (e gás). Na decisão dos arbitros, vitória para Yan por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28), sem surpresa.


Em uma luta de um round apenas, Calvin Kattar (20-3-0) venceu por nocaute Ricardo Lamas (19-8-0)! Kattar já estava melhor na luta, até que no final do round acertou dois diretos que levaram Lamas p/ chão. A partir dai Kattar deu inicio a uma sequência de golpes contundentes levando o fim da luta.


Karolina Kowalkiewicz (12-5-0) foi totalmente anulada por Alexa Grasso (11-2-0), que venceu por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27). O primeiro round foi fácil para Alexa Grasso, que conseguiu acertar uma série de jabs no rosto de Kowalkiewicz. O segundo round foi novamente para Grasso, que de novo, conseguiu acertar golpes mais limpos em Kowalkiewicz. A polonesa no entanto foi mais agressiva nesse segundo round, indo pra cima e dominando o centro do octógono. Ainda assim perdeu o round. O terceiro round não foi diferente dos demais. Dessa vez porém, os golpes sofridos por Kowalkiewicz foram mais contundentes e no final, quase foi finalizada com uma guilhotina em pé.


Aljamain Sterling (18-3-0) venceu Pedro Munhoz (16-4-0) em uma luta empolgante, decidida por decisão unânime dos árbitros (30-27, 30-27, 30-27). Sterling se movimentou muito bem, usando bem sua envergadura. Munhoz, mais plantado no chão, foi um alvo fácil. O segundo round houve uma trocação franca entre os dois, com bons momentos de ambos os lados. O round final foi semelhante ao anterior, com uma trocação franca entre os dois. Sterling no entanto aparentou mais cansaço e baixou o ritmo. Com a vitória, Sterling (número 1 do peso galo) se credenciou para uma eventual disputa de cinturão.


Favorita no combate, Tatiana Suarez (8-0-0) venceu Nina Ansaroff (10-5-0) em uma luta de três rounds. Como era de se esperar, Suarez dominou o primeiro round. Ela iniciou o round partindo pra uma queda, para em seguida trabalhar seu ground-and-pound (por todo o round!). No segundo round, Suarez ampliou seu domínio mantendo a mesma estratégia. Apenas no último round a luta ficou um pouco mais parelha. Suarez agora deve ser a próxima desafiante ao cinturão recém conquistado de Jéssica Andrade pela divisão palha (feminino).


Silvio Doria

Pós-Luta / Post-Fight

Nosso objetivo é trazer a nossos leitores reportagens e análises de qualidade, além de coberturas play-by-play de eventos do mundo do MMA e do Boxe. Trabalho desenvolvido por Silvio e Flavio Doria (registro de jornalistas: MTB 0082740/SP e MTB 0080216/SP, respectivamente), ambos membros da MMA Journalists Association. 

PosLuta.com | Copyright © 2019 | Todos os direitos reservados.